AV: LEÔNCIO PIRES DOURADO EM FRENTE O QUARTEL DA PM

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Harvey Weinstein é indiciado por estupro e pode pegar 25 anos de prisão


O grande júri, que no sistema americano é responsável for formalizar acusações na Justiça criminal, viu elementos suficientes para que o executivo responda por dois estupros

JAMES TOBACK - Segundo o "Los Angeles Times", mais de 30 mulheres denunciaram o diretor e roteirista de 72 anos de cometer assédio sexual. Autor da reportagem, Glenn Whipp disse ter sido contatado por 193 mulheres com acusações semelhantes contra Toback, autor do roteiro de filmes como "Bugsy" e "O Apostador".

© Getty Images


  O produtor americano Harvey Weinstein foi indicado na tarde desta quarta (30), sob a acusação de ter cometido crimes sexuais, e pode ter de cumprir 25 anos de prisão, caso seja condenado.

  O grande júri, que no sistema americano é responsável for formalizar acusações na Justiça criminal, viu elementos suficientes para que o executivo responda por dois estupros.

  Weinstein, que permaneceu quieto quando inquirido em Nova York na última sexta (25), é acusado de ter estuprado uma vítima não identificada e por ter forçado a atriz Lucia Evans a fazer sexo oral nele. Ele foi liberado mediante o pagamento de uma fiança de US$ 1 milhão (R$ 3,6 milhões) e sob a condição de usar equipamento de monitoramento eletrônico para poder responder em liberdade.

  Desde outubro do ano passado, quando o New York Times e a revista The New Yorker trouxeram à tona a acusação de várias atrizes contra o produtor -entre elas, Angelina Jolie e Gwyneth Paltrow–, uma avalanche de novas acusações surgiram. Weinstein foi afastado de sua companhia e, de acordo com a Vanity Fair, teria procurado uma reabilitação sexual.

  O caso do produtor deflagrou uma série de acusações em Hollywood e o surgimento de movimentos como o MeToo e o Times Up. Figura fácil em tapetes vermelhos, Weinstein também foi expulso da Academia do Oscar.

  Em novembro de 2017, a polícia já reunia provas para prender Weinstein, após a atriz Paz de la Huerta acusá-lo de estuprá-la duas vezes.

  O produtor nega todas as acusações de sexo não consentido.

ASSÉDIO EM HOLLYWOOD

  Confira na galeria acima um resumo sobre os principais casos de assédio sexual e estupro em Hollywood reportados recentemente. 

Com informações da Folhapress.

Nenhum comentário:

Postar um comentário