RUA LEONCIO PIRES DOURADO ESQUINA COM A RUA JOÃO PESSOA, BAIRRO BACURI

sábado, 8 de julho de 2017

Grupo de idosos é preso acusado de estelionato



Uma mulher também foi presa no bairro do João Paulo sob a mesma acusação.


Os idosos foram presos ao tentar sacar dinheiro de um benefício com documentos falsos
Os idosos foram presos ao tentar sacar dinheiro de um benefício com documentos falsos - Divulgação

  SÃO LUÍS - A polícia encaminhou no período da manhã de sábado (8), os idosos Jucirío da Luz Frazão, de 68 anos; Maria de Fátima Ribeiro, de 73 anos; Maria das Dores Lopes, de 77 anos; e Antônia da Conceição Matos, de 53 anos, ambos acusados de estelionato. O delegado da Delegacia da Cidade Operária, Batalha, disse que eles estavam utilizando documentos falsos para sacar dinheiro de um benefício em um banco, no Anil.

  A polícia também encaminhou Maria de Jesus Rodrigues de Sousa, Dijé, para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Ainda segundo a polícia, ela é acusada de cometer saques de benefícios de pessoas já falecidas e realizar empréstimos fraudulentos.

  O superintendente Estadual de Investigações Criminais (Seic), delegado Thiago Bardal, informou que havia dois mandados de prisão contra Dijé pelo crime de estelionato. Uma ordem judicial foi expedida pela comarca de Pinheiro, enquanto, o mandado pela cidade de São José de Ribamar.

  A prisão ocorreu na noite da última sexta-feira, no João Paulo, e a detida foi apresentada na Seic, no Bairro de Fátima, onde tomaram as devidas providências. “Dijé vem cometendo esse tipo de crime desde o ano de 2006”, declarou o delegado.

Fonte: Coroatá Online




                    Publicidade
RUA LEÔNCIO PIRES DOURADO, EM FRENTE A PRAÇA DA BIBLIA, IMPERATRIZ - MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário