RUA LEONCIO PIRES DOURADO ESQUINA COM A RUA JOÃO PESSOA, BAIRRO BACURI

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Homem deixa bilhete após bater em carro estacionado em SP

 Bilhete deixado em carro após batida chama a atenção em Itararé (Foto: Arquivo Pessoal/Cristiano Borges)

  O policial militar Cristiano Borges teve uma surpresa desagradável quando foi pegar o carro que tinha estacionado para ir a um jogo de futebol em Itararé: o veículo estava sem o espelho retrovisor. Mas a indignação logo deu lugar ao alívio. No para-brisa do carro havia um bilhete com o número de telefone de quem tinha causado o estrago.

  “Cheguei e vi que tinham arrancado meu retrovisor. Na hora fiquei bravo, até que me avisaram que tinha um bilhete com o número de telefone de quem tinha batido. A atitude me impressionou muito, porque infelizmente a gente não vê mais isso. As pessoas batem e fogem", conta.

  O responsável pelo bilhete foi o cartorário Sandro Moraes, também morador de Itararé. Ele conta que estava com seu filho de 9 anos quando acabou batendo no veículo estacionado.

  "Também estava indo para o jogo. Mas a rua estava lotada de carros, quando um veio pra cima de mim, tentei desviar, mas acabei batendo. Na hora peguei um papel emprestado e deixei meu contato, porque não consigo imaginar fugindo do local sem arcar com a minha responsabilidade”, conta.


  Policial ficou impressionado ao encontrar bilhete em carro com retrovisor danificado (Foto: Arquivo Pessoal/Cristiano Borges)

  Cristiano ligou para Sandro, mas o telefone deu caixa postal. Foi então que o cartorário soube da postagem nas redes sociais e entrou em contato com o policial pela internet.

  “Me falaram que estava no Facebook e encontrei a vítima. Trocamos mensagem e fiquei à disposição para fazer os reparos no carro. Falei que iria arrumar. Ainda bem que deu tudo certo”, afirma.

  O morador afirma que ficou espantado com a repercussão de sua atitude. Para ele, deixar o contato após uma batida devia ser algo normal para todos.

  “Infelizmente vivemos em uma inversão de valores. As pessoas se espantam com algo que deveria ser comum. Mas por causa da falta de honestidade, quando alguém é honesto causa espanto. Quis dar o exemplo para o meu filho. Imagina se eu fugisse do local? Eu fiz o que eu gostaria que fizessem comigo”, ressalta.

Fonte: Coroatá Online




                          Publicidade
RUA LEÔNCIO PIRES DOURADO, EM FRENTE A PRAÇA DA BIBLIA, IMPERATRIZ - MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário