RUA LEONCIO PIRES DOURADO ESQUINA COM A RUA JOÃO PESSOA, BAIRRO BACURI

domingo, 30 de julho de 2017

Dupla é presa após cometer latrocínio na Cidade Olímpica



Segundo a polícia, após roubarem um bar, os jovens mataram uma mulher com um tiro.

Dupla é presa após cometer latrocínio na Cidade Olímpica

  SÃO LUÍS – Dois jovens de 19 anos identificados como Lucas Santos Pereira, morador da Cidade Olímpica, e Railson Anderson Silva Valentim, morador do Cantinho do Céu, foram presos nesse sábado (29) pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte.

Lucas Santos Pereira e Railson Anderson Silva Valentim. / Foto: Divulgação/6ºBPM

  Segundo informações do 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM), uma guarnição estava fazendo patrulhamento durante a operação Normandia II na Cidade Olímpica, quando foi informada que na avenida 2 do bairro uma mulher havia sido vítima de disparo de arma de fogo.

  Chegando ao local, testemunhas informaram que dois homens tinham roubado o bar da "Cinara", de onde subtraíram diversos objetos de valor e, durante a fuga, eles efetuaram um disparo de arma de fogo a esmo. O tiro atingiu Dilma Maria Chagas, 47 anos, a qual não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

  A polícia apurou que um dos envolvidos no crime era Lucas Santos Pereira, o "Tomate", que é conhecido da polícia devido ao seu frequente envolvimento com roubos e homicídios na região. Em posse dessas informações, a PM iniciou as buscas pelo suspeito, sendo que o jovem foi avistado, na avenida Principal do Residencial Albino Soeiro, em companhia de Railson Anderson Silva Valentim.

  De imediato, ambos foram abordados e, no ato da busca pessoal, nada foi encontrado de ilícito com os mesmos. Mas, após serem confrontados sobre o assalto e o homicídio, Lucas Santos levou os policiais até uma casa localizada na rua 8, na Cidade Olímpica, onde foi possível fazer apreensão da arma de fogo usada no crime e do material levado durante o assalto. A polícia apreendeu na residência: uma espingarda calibre 28 milímetros, com numeração suprimida; uma munição calibre 28 milímetros; uma TV de 32 polegadas; um cordão dourado; e dois celulares.

Material apreendido. / Foto: Divulgação/6ºBPM

  Diante dos fatos e do reconhecimento das testemunhas, os dois jovens foram conduzidos e apresentados na Superintendência de Homicídios de São Luís, onde foram autuados em flagrante pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte.

Longa ficha criminal

  Segundo a polícia, Lucas Santos Pereira é considerado um criminoso de alta periculosidade, com diversas passagens por roubo e homicídios. Ele era integrante de uma quadrilha responsável por diversos roubos realizados na Região Metropolitana de São Luís, a qual foi desarticulada em setembro de 2016 pelo Serviço de Inteligência do 6º BPM, após o assassinato do sargento da Polícia Militar Luiz Claudio Cordeiro Baldez.

  Atualmente Lucas estava sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, após ter sido preso em flagrante pelo crime de assalto a mão armada em um estabelecimento comercial em fevereiro deste ano.

Antecedentes:

Lucas Santos Pereira

30/1/2014 - Roubo qualificado pelo emprego de arma (ato infracional)

7/5/2014 - Roubo qualificado pelo emprego de arma (ato infracional)

4/8/2014 - Homicídio doloso na forma tentada (ato infracional)

3/10/2014 - Roubo qualificado pelo emprego de arma (ato infracional)

7/1/2015 - Roubo qualificado pelo emprego de arma (ato infracional)

22/1/2015 - Associação criminosa (ato infracional)

15/3/2015 - Desobediência a decisão judicial sobre perda ou suspensão de direito (ato infracional)

30/5/2015 - Roubo qualificado pelo emprego de arma (ato infracional)

13/9/2016 - Roubo e associação criminosa

22/02/2017 Roubo

Railson Anderson Silva Valentim

31/8/2016 - Porte ilegal de arma de fogo de uso permitido

Fonte: iMirante.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário