AV: LEÔNCIO PIRES DOURADO EM FRENTE O QUARTEL DA PM

sábado, 3 de dezembro de 2016

Seic desarticula bando internacional especializado na venda de droga



Os quadrilheiros foram presos, no Cohatrac, e estavam com meia tonelada de maconha para comercializarem no Estado


Os presos foram identificados como: Luana Fernanda Soares, de 22 anos; Jhon Robert Aguiar da Silva, de 18 anos; Evandro Rodrigues Fonseca Araújo, de 21 anos; e o taxista Walmir Reis Pinheiro, de 35 anos.
Os presos foram identificados como: Luana Fernanda Soares, de 22 anos; Jhon Robert Aguiar da Silva, de 18 anos; Evandro Rodrigues Fonseca Araújo, de 21 anos; e o taxista Walmir Reis Pinheiro, de 35 anos. (Foto: Divulgação)

  MARANHÃO - Uma quadrilha internacional especializada em venda de droga foi apresentada durante a manhã deste sábado (3), pela polícia na sede da Secretaria de Segurança Pública, localizada no bairro da Vila Palmeira. Com o bando, foi apreendida meia tonelada de maconha, segundo a polícia, oriundo do Paraguai e avaliada em torno de R$ 2 milhões de reais. Essa droga iria abastecer as bocas de fumo da capital como ainda do interior do estado.

  Os presos foram identificados como: Luana Fernanda Soares, de 22 anos; Jhon Robert Aguiar da Silva, de 18 anos; Evandro Rodrigues Fonseca Araújo, de 21 anos; e o taxista Walmir Reis Pinheiro, de 35 anos. Também foi apreendido um adolescente, idade não revelada, que faz parte desse bando.

  O titular da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), delegado Thiago Bardal, informou que a polícia vinha monitorando os passos desses criminosos há seis meses. No decorrer desse tempo, os quadrilheiros chegaram a alugar uma casa, localizada no Cohatrac, por um valor de R$ 1.500, para servir de base das ações ilegais. “Eles utilizavam o taxista Walmir Reis para fazer as entregas da droga aos traficantes da capital como uma forma de despistar a polícia”, declarou o delegado.

  Ainda de acordo com o Thiago Bardal, a polícia ficou sabendo por meio de denúncias anônimas de que na última sexta-feira esses quadrilheiros iriam receber uma grande quantidade de droga para ser comercializada no estado, principalmente, na capital. Foi feita a campana e os policiais realizaram uma revista no período da noite dentro da residência, no Cohatrac, onde efetuaram a prisão do bando e apreenderam a droga.

  Todos os criminosos foram levados para a sede da Seic, no Bairro de Fátima, e autuados em flagrante pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico. A droga apreendida ainda na manhã de hoje, foi encaminhada ao Instituto de Criminalística (Icrim), no Bacanga, para ser periciada.

 O delegado, também, disse que a investigação vai continuar sendo feita pela polícia, pois, há possibilidade de haver mais criminosos envolvidos nessa empreitada ilegal.

Fonte: iMirante.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário