magazinemmarinhos


Rua Perimentral Castelo Branco esq com a Rua Oratório no Parque Anhanguera

segunda-feira, 27 de julho de 2020

MOTOIMP 2020 é cancelado



A 6ª edição do Encontro Nacional de Motociclismo de Imperatriz aconteceria entre os dias 04 e 07 de setembro



Considerado o maior evento motociclístico do Estado do Maranhão, o Motoimp 2020 foi cancelado. A sexta edição aconteceria nos dias 04, 05, 06 e 07 de setembro, estava com o planejamento bastante adiantado, mas diante dos impactos da pandemia do covid-19 e das inúmeras incertezas, a organização decidiu por cancelar o encontro deste ano.

Os organizadores A 6ª edição do Encontro Nacional de Motociclismo de Imperatriz aconteceria entre os dias 04 e 07 de setembro

Considerado o maior evento motociclístico do Estado do Maranhão, o Motoimp 2020 foi cancelado. A sexta edição aconteceria nos dias 04, 05, 06 e 07 de setembro, estava com o planejamento bastante adiantado, mas diante dos impactos da pandemia do covid-19 e das inúmeras incertezas, a organização decidiu por cancelar o encontro deste ano.

Os organizadores lamentam a não realização da grande festa que se tornou tradição nos últimos cinco anos em Imperatriz e explicam os motivos do cancelamento.

“Hoje, 27 de julho é o DIA DO MOTOCICLISTA, data em que tradicionalmente estaríamos lançando mais uma edição do Encontro Nacional de Motociclismo de Imperatriz - Motoimp.

Infelizmente vivemos um momento de paralisia e dúvidas, portanto é com enorme tristeza, que anunciamos o CANCELAMENTO do Motoimp 2020.

Somos apaixonados pelo estilo de vida sobre duas rodas e a liberdade nunca teve tanta importância como agora, principalmente por se tratar de MOTO, um veículo que aproxima as pessoas, serve para trabalhar, passear, viajar, viver intensamente e inspira a criação de milhares de moto clubes por todo o país. A situação imposta pelo coronavírus, nos afastou dessa convivência e de forma imprevisível alterou drasticamente a realidade da saúde e economia mundiais, o que fez nos atentarmos para nossa responsabilidade, como organizadores de um evento tão grande.

Mesmo tendo sido reduzidas as normas de isolamento, decidimos zelar pela integridade de nossos visitantes/participantes e manter as determinações das autoridades, enquanto não houver mudança nesse quadro de embate à doença.

Não possuímos arrecadação financeira, dependemos exclusivamente do apoio dos poderes públicos e das empresas locais para a realização do Motoimp. Todos estes passaram por redução extrema em suas arrecadações, ainda tendo que cobrir gastos com o enfrentamento à pandemia. Com a crise econômica gerada, os empresários que nos auxiliam estão em situação delicada, o que torna o momento confuso, imprevisível e força muitos desses apoiadores a não estarem conosco.

Necessitamos de uma organização prévia, o que vinha sendo feito desde o ano passado. A programação, o planejamento que envolve a liberação do local, criação de artes, confecções de materiais, agenda com bandas, reservas, contratação de serviços, patrocínios, licenças, autorizações, as decisões administrativas e soluções burocráticas, expositores, parceiros comerciais e contatos com moto clubes estavam bem antecipados, quando fomos pegos de surpresa pela quarentena e pelo avassalador impacto do vírus.

O Motoimp traz motociclistas de vários estados, aquece a economia formal e informal, movimenta o turismo que é ligado a restaurantes, bares, hotéis e muitos outros seguimentos que atendem o evento nesse período, mas estes só vem prestigiar o encontro, tendo antes um planejamento. A esses milhares a não realização da grande festa que se tornou tradição nos últimos cinco anos em Imperatriz e explicam os motivos do cancelamento.

“Hoje, 27 de julho é o DIA DO MOTOCICLISTA, data em que tradicionalmente estaríamos lançando mais uma edição do Encontro Nacional de Motociclismo de Imperatriz - Motoimp.

Infelizmente vivemos um momento de paralisia e dúvidas, portanto é com enorme tristeza, que anunciamos o CANCELAMENTO do Motoimp 2020.

Somos apaixonados pelo estilo de vida sobre duas rodas e a liberdade nunca teve tanta importância como agora, principalmente por se tratar de MOTO, um veículo que aproxima as pessoas, serve para trabalhar, passear, viajar, viver intensamente e inspira a criação de milhares de moto clubes por todo o país. A situação imposta pelo coronavírus, nos afastou dessa convivência e de forma imprevisível alterou drasticamente a realidade da saúde e economia mundiais, o que fez nos atentarmos para nossa responsabilidade, como organizadores de um evento tão grande.

Mesmo tendo sido reduzidas as normas de isolamento, decidimos zelar pela integridade de nossos visitantes/participantes e manter as determinações das autoridades, enquanto não houver mudança nesse quadro de embate à doença.

Não possuímos arrecadação financeira, dependemos exclusivamente do apoio dos poderes públicos e das empresas locais para a realização do Motoimp. Todos estes passaram por redução extrema em suas arrecadações, ainda tendo que cobrir gastos com o enfrentamento à pandemia. Com a crise econômica gerada, os empresários que nos auxiliam estão em situação delicada, o que torna o momento confuso, imprevisível e força muitos desses apoiadores a não estarem conosco.

Necessitamos de uma organização prévia, o que vinha sendo feito desde o ano passado. A programação, o planejamento que envolve a liberação do local, criação de artes, confecções de materiais, agenda com bandas, reservas, contratação de serviços, patrocínios, licenças, autorizações, as decisões administrativas e soluções burocráticas, expositores, parceiros comerciais e contatos com moto clubes estavam bem antecipados, quando fomos pegos de surpresa pela quarentena e pelo avassalador impacto do vírus.

O Motoimp traz motociclistas de vários estados, aquece a economia formal e informal, movimenta o turismo que é ligado a restaurantes, bares, hotéis e muitos outros seguimentos que atendem o evento nesse período, mas estes só vem prestigiar o encontro, tendo antes um planejamento. A esses milhares


Publicidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário