magazinemmarinhos


Rua Perimentral Castelo Branco esq com a Rua Oratório no Parque Anhanguera

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Idoso de 76 anos é agredido e esfaqueado dentro de casa no MA


JOSÉ JESUS CASTRO ATAÍDE FOI AGREDIDO DURANTE UMA TENTATIVA DE ASSALTO DE UM ADOLESCENTE EM SANTO AMARO.

  Um idoso identificado como José Jesus Castro Ataíde, de 76 anos, foi agredido violentamente com vários socos, chutes e facadas dentro da própria residência em Santo Amaro, a 240 km de São Luís.
O suspeito do crime foi um adolescente que invadiu a residência para assaltar ao perceber que o idoso estava sozinho. Como não encontrou nada de valor, ficou muito agressivo e agrediu José Ataíde. O adolescente fugiu, mas foi encontrado pela polícia e apreendido.
Segundo o mecânico, Ronald Fontes, o adolescente já é conhecido no município pela prática de assaltos e pela forma como age. "O adolescente perfurou a cabeça dele com a faca, não satisfeito pegou a bengala de alumínio e massacrou a cabeça dele. Ele foi ao hospital, o rapaz fugiu, o pegaram na casa dele e levaram para a delegacia", contou.


  Ainda de acordo com Ronald Fontes, é a segunda vez em menos de um ano que ele atacou o idoso. "Ele já foi assaltado duas vezes pela mesma pessoa, ele ameaçou o idoso com a faca e por ser deficiente, ele não conseguiu reagir. Essa pessoa levou a quantia de R$500 do bolso dele", afirmou.
A família teme pela saúde de José, que foi atendido em Santo Amaro e aguarda transferência para um hospital em São Luís. Um levantamento do Centro Integrado de Apoio e Prevenção à Violência Contra o Idoso (CIAPVI) mostra que, de janeiro a outubro de 2019, já foram registrado 1.495 casos de agressão contra idosos na região metropolitana de São Luís.
O número assusta porque já ultrapassou o total de atendimentos de 2018. Os dados mostram ainda que a violência física, sofrida por José Ataíde, é a 5ª mais comum entre as ocorrências que são registradas.
Segundo a coordenadora do CIAPVI, Isabel Lopizic, foram realizados 122 atendimentos em 2019. "A denúncia é fundamental porque a justiça só pode ser acionada se houver uma denúncia. Se não houver uma denúncia, a gente não vai poder adivinhar o que está ocorrendo, considerando principalmente que a maioria das violências ocorre dentro de casa", finalizou.

Por G1 MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário