COMERCIAL ESTRELA

COMERCIAL ESTRELA

domingo, 24 de fevereiro de 2019

EUA anunciam que país vai 'agir' na Venezuela e citam apoio do Brasil



Mike Pompeo, secretário de Estado norte-americano, se pronunciou neste sábado (23) sobre a crise no país sul-americano

© Getty Images

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, anunciou na noite deste sábado (23), que os Estados Unidos vão “agir” na Venezuela.

  Pelo Twitter, Pompeo avisou que os EUA “vão tomar medidas contra aqueles que se opõem a restauração pacífica da democracia na Venezuela”.

  “Os EUA vão tomar medidas contra aqueles que se opõem a restauração pacífica da democracia na Venezuela. Agora é a hora de agir em apoio às necessidades do desesperado povo venezuelano. Nós nos solidarizamos com aqueles que continuam sua luta pela liberdade”, escreveu Pompeo, que ainda citou o apoio dos governos brasileiros e colombiano.

  “Uma ampla coalizão de democracias insiste que a Venezuela deve ser livre e que a ajuda humanitária deve entrar. Saudamos o Presidente @IvanDuque e a Colombia por sua liderança e reconhecemos o Brasil por seu firme apoio, oferecendo ajuda vitalícia para o povo venezuelano”, acrescentou.

· 8h



While @jguaido leads the effort to get the aid to the people, Maduro sends armed gangs to attack innocent civilians. #EstamosUnidosVE



  The U.S. will take action against those who oppose the peaceful restoration of democracy in #Venezuela. Now is the time to act in support of the needs of the desperate Venezuelan people. We stand in solidarity with those continuing their struggle for freedom. #EstamosUnidosVE pic.twitter.com/XfLEsyT6Rj


  Vale dizer que, neste sábado (23), a Venezuela viveu um dia tenso, com cosnfrontos em suas fronteiras entre o Brasil e a Colômbia, além de caminhões de ajuda humanitária incendiados. Nicolás Maduro também fez um discurso inflamado, deixando claro que não sairá do poder.

Fonte: Notícias ao Minuto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário