NA BEIRA RIO

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

PM de Grajaú negou ter assassinado prefeito de Davinopolis, confessou ter recebido proposta de 100 mil de Boca Rica mas não aceitou




  Em dois depoimentos a Policia Civil em Grajaú e em Imperatriz, o sargento de Grajaú, confessou ter recebido proposta de R$ 100 mil reais do mecanico José Denilton Feitosa Guimarães, popularmente conhecido como Boca Rica, para assassinar o prefeito Ivanildo Paiva, o proposta foi feita em Imperatriz, só que o mesmo não aceitou a proposta.

  Praxisteles Martins, realizou uma acareação na quarta-feira (12), entre o sargento Wilame Nascimento da Silva e Boca Rica, o policial PM Ma novamente afirmou da proposta recebida, na acareação o clima entre os dois foi tenso.

  A força tarefa que investiga o homicidio de Ivanildo Paiva, ainda não recebeu os resultados dos exames dos materiais biológicos que foram para São Luis, para depois compará com materias biologicos encontrados na quarto onde a vitima foi sequestrada.

  SHPP deve realizar ainda nessa semanas novas acariações entre outros presos para poder tirar divergências nos depoimentos dos mesmo.

Fonte: Notícias da Foto 




Publicidade

        Rua; Leôncio Pires Dourado em frente o quartel da PM

Nenhum comentário:

Postar um comentário