AV: LEÔNCIO PIRES DOURADO EM FRENTE O QUARTEL DA PM

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

MUNDO; Aos 99, morre norueguês que sabotou plano nuclear de Hitler


As causas da morte de Joachim Ronneberg não foram reveladas

© Reprodução/Arquivo

  O homem que sabotou as ambições nucleares da Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial, o combatente norueguês Joachim Ronneberg, morreu nesse domingo (21) aos 99 anos. As causas da morte não foram reveladas. Em 1943, ele liderou uma operação secreta em uma usina hidrelétrica fortemente vigiada na cidade de Rjukan, na região sul da Noruega, que pôs fim às intenções nucleares de ataques do líder nazista Adolf Hitler.

  O feito foi levado ao cinema em 1965, em "Os heróis de Telemark", filme dirigido por Anthony Mann e realizado por Kirk Douglas. Ronneberg fugiu da Noruega em 1940 após a invasão nazista, em um barco rumo à Escócia, com oito amigos. No entanto, estava determinado a voltar e lutar.

  Figura chave da resistência, ele liderou o comando de cinco pessoas para atacar a usina de Telemark, que produzia a chamada "água pesada", necessária para produzir bombas atômicas. A equipe saltou de paraquedas e, uma vez nas proximidades da usina hidrelétrica, colocou explosivos e causou uma devastação.

  Logo depois, fugiu para a Suécia esquiando 200 quilômetros, seguido por tropas alemãs. Esta operação, juntamente com os ataques aéreos dos Estados Unidos no ano seguinte, levou os alemães a abandonarem seus planos nucleares.

  Durante a Segunda Guerra aconteceram muitas sabotagens, mas esta foi, sem dúvida, a mais bem-sucedida. "Nós éramos um grupo de amigos que fazia um trabalho juntos", disse Ronneberg à BBC no 70º aniversário da missão.

 (ANSA).

Fonte: Notícias ao Minuto



                        Publicidade
RUA QUINTINO BOCAIUVA ESQUINA COM SÃO VICENTE DE PAULA, FEIRA DO BOM SUCESSO

Nenhum comentário:

Postar um comentário