AV: LEÔNCIO PIRES DOURADO EM FRENTE O QUARTEL DA PM

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Aos 93 anos, morre neste domingo, em Brasília, o ex-senador e ex-governador Epitácio Cafeteira



  Aos 93 anos, faleceu na tarde deste domingo (13), em Brasília (DF), o ex-senador, ex-governador do Maranhão, ex-deputado federal e ex-prefeito de São Luís Epitácio Afonso Pereira Cafeteira. Em nota assinada pelo deputado Rogério Cafeteira (DEM), a viúva,Isabel, e a filha, Janaína, disseram que ele estava sob observação médica numa UTI residencial, já que seu quadro de saúde exigia cuidados especiais.

  Natural da Paraíba, Cafeteira era técnico em Contabilidade e foi funcionário do Banco do Brasil. Em 1962, iniciou sua carreira política quando disputou um mandato de deputado federal, pelo PR, ficando na primeira suplência, mas chegou a assumir o cargo em algumas oportunidades, tendo, numa dessas interinidades, apresentado o projeto de lei que estabeleceu eleição direta para prefeitos das capitais. Com a aprovação dessa lei, em 1965 se elegeu prefeito de São Luís.

  Desde sua eleição para prefeito da capital criou uma relação de rivalidade com o então governador José Sarney, de quem se aproximou em 1985, com a chegada deste à Presidência da República, mas voltaram a romper em 1990 e reataram a relação em 2006, quando se elegeu para senador, seu último mandato.


  Como governador do Maranhão, Cafeteira deixou diversas obras importantes, principalmente na capital, como o Projeto Reviver (que revitalizou o bairro da Praia Grande), Aterro do Bacanga, Ceprama, Viaduto Café (no Outeiro da Cruz), duplicação da Avenida dos Holandeses (da Ponta d´Areia ao Olho d´Água) e muitas outras.

  Seus problemas de saúde começaram a se manifestar ainda na primeira metade do seu último mandato de senador, quando passou a se mover numa cadeira de rodas motorizada, mas, mesmo assim, era um dos parlamentares mais assíduos em plenário.

  O corpo do senador vai ser velado nesta segunda-feira (14), na Assembleia Legislativa e o sepultado, à tarde, será à tarde no Cemitério do Gavião, em São Luís, para onde tentou por diversas vezes retornar desde 2015, quando encerrou o último mandato, mas não obteve autorização dos médicos.

Eis a nota da família:

NOTA DE FALECIMENTO

  Com enorme pesar e com imensa tristeza, em nome da família Cafeteira – Isabel Cafeteira, Janaína Cafeteira, José Epitácio Cafeteira Neto e José Afrânio – que comunico a todos o falecimento do meu tio, ex-governador e ex-senador, Epitácio Cafeteira.
Ele encontrava-se enfermo e inspirava cuidados, em UTI residencial, decorridos de seu delicado estado de saúde.
Natural da Paraíba, Cafeteira veio ainda pequeno para o Maranhão, onde construiu uma admirável história política, dedicando a maior parte de sua vida a este estado, onde constituiu sua família.
Atualmente ele residia em Brasília e estava com 93 anos, deixando viúva a minha tia Isabel, de filha a minha prima Isabel e netos.
É um momento de bastante tristeza para toda a família. A perda, para mim que o considerava um segundo pai, está sendo muito difícil, mas com a certeza que agora ele descansa nos braços do nosso Deus todo poderoso!
Em nome de nossa família, agradeço as mensagens de solidariedade que temos recebido.

São Luís, 13 de maio de 2018

Rogério Cafeteira
Deputado Estadual

Nenhum comentário:

Postar um comentário