AV: LEÔNCIO PIRES DOURADO EM FRENTE O QUARTEL DA PM

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Tiroteio em escola da Flórida deixa ao menos 17 mortos



Autor dos disparos foi detido; ele é ex-aluno da Marjory Stoneman Douglas High School

© Imagem ilustrativa (Reuters)

  Um jovem de 19 anos abriu fogo contra alunos de uma escola secundária de Parkland, a cerca de 70 quilômetros de Miami, na Flórida, nesta quarta-feira (14). O balanço de mortos ainda não foi oficializado, mas emissora, como a CBS, falavam em sete vítimas fatais - além de aproximadamente 20 feridos. O número de mortos já foi atualizado, no entanto, para 17.
  O dado é considerado incerto, segundo a mídia norte-americana, porque a Marjory Stoneman Douglas High School tem cerca de dois mil alunos matriculados, inclusive brasileiros, como confirmou a Embaixada Brasileira à TV Globo. Conforme a CNN, o ataque ocorreu por volta das 15h locais ( 18h em Brasília) - momento de fim das aulas. 


  O suspeito está sob custódia da polícia, e o delegado do Condado de Broward, Scott Israel, confirmou que ele é ex-estudante da Marjory Stoneman Douglas e tem 18 anos. O nome do suspeito não foi divulgado, mas a imprensa local o identifica como "Nicholas Cruz". "É catastrófico", descreveu Israel. 

  O atirador teria usado um fuzil e uma máscara de gás em seu ataque e é descrito como um "menino difícil" e "apaixonado por armas". Ele seria, inclusive, integrante de grupos pró-armas nas redes sociais. A nacionalidade do atirador não foi confirmada. Um vídeo gravado de dentro da escola mostra os momentos de terror durante os tiros. Veja aqui.

Fonte: Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário