RUA LEÔNCIO PIRES DOURADO EM FRENTE O QUARTEL DA PM

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

ASSISTA: ACUSADA DE MATAR O PRÓPRIO MARIDO SE APRESENTA NA DELEGACIA DE BACABAL.


“Eu não tive intensão nenhuma de mata-lo”, disse Leninha.

  Disse ainda que; “Tudo começou no reggae quando ele estava dando em cima de outra mulher, eu fui reclamar, ele me agrediu”.

  Em sua defesa, Helena disse que ao sair do reggae foi para casa com sua comadre, onde houve outra briga do casal, no entanto, essa mais grave.


  Ainda segundo ela, durante a discussão se armou com uma faca, momento em que seu marido partir para tentar desarma-la, durante a luta corporal a vítima Clenilson Lopes Silva, "Neguinho“ teria sido atingido. “Nunca foi minha intensão mata-lo. Eu quem liguei para o SAMU. Ele morreu em meus braços. Eu amava meu marido. Amava não, amo”, concluiu ela.

  Após o crime a acusada fugiu em uma moto Biz de sua propriedade para o povoado de Caxuxa, onde ficou escondida até passar o flagrante.

  Helena Rocha Silva, a ‘Leninha’, se apresentou na tarde de quarta-feira, 14, na Delegacia do 1º Distrito Policial onde prestou depoimento ao Delegado Regional Elson Ramos, em seguida foi liberada, já que em seu desfavor não havia nenhum mandado de prisão. 

  O crime ocorreu em Bacabal, na cozinha da casa do casal, por volta das 4 horas, da madrugada de domingo, 11, na Rua 2, do bairro da Areia, local onde a vítima foi vítima de duas perfurações a faca; no no peito e abdômem.

  O certo é que a defesa da acusada vai trabalhar no caso alegando legítima defesa.

  Helena Rocha Silva, a ‘Leninha’ responderá pelo crime em liberdade.

Com Clenilson, Helena tem duas filhas.

  Assista a reportagem produzida por Railson Ferreira e Felipe Carlos na Delegacia do 1º Distrito Policia, onde "Leninha" prestou depoimento.

Reportagem sobre o crime de Clenilson produzida por Railson Ferreira e Felipe Carlos.


MARIDO É MORTO PELA PRÓPRIA ESPOSA EM BAIRRO DE BACABAL: O CRIME TERIA SIDO MOTIVADO POR CIÚMES




Fonte: Falandoseriobacabal.blog

Nenhum comentário:

Postar um comentário