RUA LEONCIO PIRES DOURADO ESQUINA COM A RUA JOÃO PESSOA, BAIRRO BACURI

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Preso suspeito de participação em incêndio criminoso na cidade de Pirapemas




  Uma operação realizada nesta quinta-feira (14), com participação dos policiais de Coroatá resultou na prisão de Francisco Silva da Conceição, 28 anos, no Povoado Taboca, zona rural de Coroatá, onde o mesmo estava morando e exercendo a profissão de pedreiro.

  O que os moradores da localidade não sabiam era que Francisco fazia parte da quadrilha de assaltantes que em 2016 tentaram roubar uma família na zona rural do município de Pirapemas. Como não conseguiram localizar o suposto valor de R$ 15 mil reais, os criminosos incendiaram a residência e mataram quadro pessoas. Outras duas pessoas ficaram feridas. O crime ganhou repercussão a nível nacional.

  Francisco Silva da Conceição confessou aos policiais de Coroatá participação no crime. Ele foi encaminhado para São Luís para ser interrogado e será transferido para o presídio de Pedrinhas.


Vítimas

  No dia 1º, Rosilene da Silva Santos, que estava internada em estado grave no Hospital Socorrão 2, em São Luís, com 75% do corpo queimado, não resistiu às queimaduras e veio a óbito. A segunda morte a ser confirmada foi a de Francineth da Silva Frazão, registrada no dia 26 de julho. Ela teve 65% do corpo queimado no ataque e estava respirando com a ajuda de aparelhos.

  A primeira vítima do assalto em Pirabemas foi Raimundo da Conceição Frazão, de 55 anos. Ele era proprietário da residência assaltada e teve 95% do corpo queimado.

Fonte: Coroatá Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário