RUA LEONCIO PIRES DOURADO ESQUINA COM A RUA JOÃO PESSOA, BAIRRO BACURI

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Comerciante é executado a tiros em Imperatriz

Arnoldo Pereira foi morto com pelo menos cinco tiros no começo da tarde desta sexta-feira.


Arnoldo e a companheira estavam dentro de um carro, quando foram surpreendidos por diversos tiros disparados por criminosos que estavam dentro de outro veículo. (Foto: Divulgação)

  IMPERATRIZ – Um comerciante, identificado como Arnoldo Pereira, foi assassinado a tiros no bairro Caema, em Imperatriz. O crime aconteceu no início da tarde desta sexta-feira (22), nas proximidades da casa da vítima.

  Segundo informações do delegado Práxisteles Martins, da Delegacia de Homicídios, Arnoldo Pereira foi assassinado, na frente da mulher, com cerca de cinco tiros.

  Arnoldo e a companheira estavam dentro de um carro, quando foram surpreendidos por diversos tiros disparados por criminosos que estavam dentro de outro veículo. Um dos bandidos desceu do carro em que estava e foi em direção ao veículo do comerciante, desferindo vários tiros contra ele.

  "Após ser baleado, Arnoldo ainda arrancou com o carro na tentativa de fugir, mas bateu o veículo em uma cerca. Nesse instante, o criminoso se aproximou e efetuou mais disparos contra a vítima. Segundo a companheira de Arnoldo, o homem foi o único atingido, pois, na hora dos disparos ele se jogou em cima dela e de uma criança que estava no veículo para protegê-las”, disse o delegado Práxisteles Martins, ressaltando que os tiros atingiram a lateral esquerda do tórax do comerciante.

  Arnoldo Pereira ainda foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

  Ainda segundo informações do delegado Práxisteles Martins, as características do crime são de execução.

  A polícia afirma que nenhum dos envolvidos no assassinato foi preso ou identificado, mas, como o local onde o crime aconteceu tem várias câmaras de segurança, as imagens serão analisadas para tentar identificar os autores do homicídio.

Envolvido em práticas ilícitas

  De acordo com a polícia, Arnoldo Pereira tinha negócios no Mercadinho de Imperatriz e controlava máquinas de caça-níquel (jogo de azar), com atividades em várias cidades da região.

  A polícia apurou, ainda, que recentemente o comerciante vendeu uma banca de jogo por cerca de R$ 800 mil para compradores de Sergipe, sendo que Arnoldo recebeu apenas metade desse dinheiro, e a outra metade seria paga depois.

  A polícia suspeita que o crime possa estar relacionado com a venda da banca de jogo. Outra hipótese levantada nas investigações, é que Arnoldo esteja envolvido com o assassinato de um prefeito no Estado do Pará. O caso está sendo investigado.




Fonte: iMirante.com




                        Publicidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário