segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Pedido de prisão contra Aécio será analisado nesta terça no STF


Senador foi acusado no dia 2 de junho pelo suposto recebimento de R$ 2 milhões em propina da JBS

© Marcos Oliveira/Agência Senado

  Um recurso da Procuradoria-Geral da República (PGR) pedindo a prisão preventiva do senador Aécio Neves (PSDB-MG), no caso do pagamento de R$ 2 milhões pela J&F a pessoas ligadas ao tucano, deverá ser analisado nesta terça-feira (26) pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).

  Este é, ao todo, o terceiro pedido de prisão contra Aécio Neves feito pela PGR ainda sob a gestão de Rodrigo Janot, encerrada no dia 17. A primeira discussão, no entanto, será sobre um pedido da defesa, que quer levar o julgamento ao plenário, alegando que pedido de prisão contra senador é uma questão "da mais alta relevância e gravidade". A última manifestação da PGR é a favor da análise na Primeira Turma, conforme o entendimento inicial do ministro Marco Aurélio Mello, relator do caso. Se esta preliminar da defesa for rejeitada, começará o julgamento do pedido da PGR.

  Alvo da Operação Patmos, realizada em maio para apurar fatos trazidos no acordo de colaboração de executivos do Grupo J&F, Aécio Neves ficou impedido de exercer atividades parlamentares por decisão do ministro Edson Fachin, relator do caso, por mais de um mês. Após mudança de relatoria, no dia 30 de junho, o ministro Marco Aurélio Mello revogou a medida do ministro Fachin e devolveu Aécio ao Senado. O tucano tem negado irregularidades.

  A defesa afirma que "o senador Aécio Neves foi, na verdade, vítima de uma grande e criminosa armação engendrada pelos senhores Joesley Batista e Ricardo Saud em busca dos benefícios de uma generosa delação". "A defesa do senador confia na manutenção das decisões anteriores porque estão alicerçadas no que diz a Constituição brasileira. O tempo e as provas que vêm vindo à tona demonstrarão quem são os verdadeiros delinquentes, que deverão responder por seus crimes", disse o advogado Alberto Toron.

  Sobre o pedido para que o caso seja julgado no plenário, o advogado Alberto Toron afirma que a análise do pedido de prisão é uma questão "da mais alta relevância e gravidade" e que, por isso, o assunto deve ser discutido pelo plenário e não pela turma.

  O julgamento do pedido de prisão havia sido pautado originalmente para 20 de junho. Durante a sessão, no entanto, houve um adiamento diante de uma questão preliminar levantada pela defesa. O novo julgamento acontecerá três meses após este adiamento.

Denúncia

  Enquanto não se conclui a análise dos recursos em relação ao caso Aécio Neves, a denúncia apresentada pela PGR contra o senador por corrupção passiva e obstrução de Justiça segue sem análise. O ministro Marco Aurélio Mello, relator, já explicou que só haverá notificação para a apresentação de defesa prévia após o encerramento da análise dos recursos, como o da PGR, que insiste na prisão do senador.

  Aécio Neves foi acusado no dia 2 de junho pelo suposto recebimento de R$ 2 milhões em propina da JBS e por obstrução de Justiça por tentar impedir os avanços da Operação Lava Jato.

  A irmã de Aécio, Andrea Neves, o primo Frederico Pacheco e o advogado Mendherson Souza Lima também foram denunciados, mas apenas por corrupção passiva. Os três foram presos na Operação Patmos, deflagrada em 18 de maio, e depois conseguiram o benefício de deixar a prisão. A denúncia contra eles foi remetida para análise na primeira instância, por decisão do ministro Marco Aurélio Mello.

  Entre as acusações que pesam sobre Aécio no âmbito da delação dos empresários do grupos J&F, está a gravação na qual o tucano pede R$ 2 milhões a Joesley Batista, um dos donos da JBS. Em uma conversa, o tucano aparece pedindo o dinheiro ao empresário sob a justificativa de que precisava pagar despesas com sua defesa na Lava Jato.

  A irmã de Aécio, Andrea Neves, teria feito o primeiro contato com o empresário. O tucano indicou seu primo Frederico para receber o dinheiro. Mendherson também teria participado. O dinheiro foi entregue pelo diretor de Relações Institucionais da JBS, Ricardo Saud, um dos sete delatores. Ao todo, foram quatro entregas de R$ 500 mil cada uma. Para a PGR, o dinheiro teria Aécio Neves como destinatário final.

Fonte: Notícias ao Minuto


                         Publicidade
Rua Visconde de Maua, Praça São Miguel, Parque Anhanguera, Imperatriz - Ma. Tel: (99) 3523-6800.

Tragédia: Morreu vítima de acidente o cantor Codozinho da banda forro pesado em Imperatriz MA



  Cantor da banda de forró de Imperatriz morre em acidente de trânsito

  Ademilson Vieira de Sousa, mais conhecido por Codozinho morreu no fim da tarde no Hospital Municipal de Imperatriz (HMI).

  IMPERATRIZ – Vítima de um acidente de trânsito, morreu ao dar entrada no Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), no fim da tarde desta segunda-feira (25), o cantor e tecladista da banda Forró Pesado Codozinho.

O cantor estava pilotado uma motocicleta Biz, que se chocou com um caminhão na entrada do Bairro Itamar Guará.

O corpo será velado na rua 3 entre as ruas General Gurjão e Osvaldo Cruz, Bairro Bacuri.

Aguarde mais detalhes

Blogueiro Duduzão do Blog Asmoimp é vítima de assalto mais uma vez em Im...


  O blogueiro Jesnem Morais, popularmente conhecido como "Duduzão", do Blog Asmoimp, foi vítima de assalto no início da tarde deste domingo (24), na região da Vila Fiquene, em Imperatriz.

  Segundo informações do Blogueiro, ele foi surpreendido por dois assaltantes em um Fiat/Pálio, onde um desceu do veículo e anunciou o assalto levando os seus pertences e de sua mãe que estava na sua companhia.

  Ainda de acordo com informações, a dupla estava usando um uniforme de uma empresa para "camuflar" suas ações criminosas.

  Revoltado, o blogueiro Duduzão com seu irmão perseguiram os assaltantes e acionaram a polícia. Durante a perseguição o veículo dos assaltantes estourou um pneu ao colidir contra o meio fio de uma calçada, mas ainda conseguiram "fechar" o Blogueiro e abandonar o veículo empreendendo em fuga para um matagal sentido a Invasão do Bairro Bom Jesus.

  A população revoltada apredejaram o veículo dos assaltantes e só não incendiaram porque o blogueiro que foi vítima evitou. A polícia chegou ao local e ao consultar a placa do veículo, percebeu que a placa pertencia a um outro carro.

  O carro foi apreendido e apresentado na delegacia regional de Imperatriz, que posteriormente será remetido ao ICRIM para que seja realizada uma minuciosa perícia.

  Essa já é a terceira vez que o blogueiro é vítima dos assaltantes. Na última ele e o presidente da Câmara de Vereadores, José Carlos Soares, foram alvos no bairro Bacuri.


Veja abaixo o vídeo:


Acidente grave na BR 316, deixa mortos e feridos de Santa Luzia do Paruá na manhã deste Domingo (24)



  Mais um acidente grave e com vítimas fatais, aconteceu na BR 316, o ocorrido se deu por volta das 10h30 deste domingo (24), na BR-316, nas proximidades do povoado Santa Cruz. A Polícia Rodoviária de Araguanã/Nova Olinda já foi acionada para colher as informações e checar como se deu o ocorrido. Os ocupantes da camionete retornavam para Santa Luzia do Paruá após participarem de um evento festivo na cidade de Araguanã.


  Com O impacto, algumas pessoas viram a óbito, e outras ficaram feridas e segundo o que foi apurado, entre as vítimas, estavam pessoas de Santa Luzia do Paruá que estavam no veículo envolvido no acidente, ainda não foi esclarecido o que tenha de fato provocado a tragédia, mas provavelmente, venha está associado a um cochilo, ou uso de bebidas, haja vista que temos informações que os ocupantes retornavam de uma festa em Araguanã. 


Postado por Vicente Alves




                                     Publicidade

RUA QUINTINO BOCAIUVA ESQUINA COM SÃO VICENTE DE PAULA, FEIRA DO BOM SUCESSO

Colisão entre motociclistas deixa uma vítima fatal em Coroatá




  
Jocélio não resistiu aos ferimentos e faleceu ainda no local (Imagem: reprodução facebook) 

  Um acidente registrado na madrugada desta segunda-feira (25), terminou com uma pessoa morta e outra gravemente ferida. A colisão entre os dois motociclistas aconteceu no km 03, da MA-020, logo na saída de Coroatá sentido Peritoró.

  Testemunhas relataram que um dos envolvidos, identificado como Jocelio da Silva, morreu ainda no local. A outra pessoa seria um jovem conhecido como Lucas Coqueiro, morador do bairro da Coha. Ele foi encaminhado por uma equipe médica do SAMU para o Hospital Macrorregional de Coroatá e seu estado de saúde é grave.

  Ainda não se sabe como ou quem provocou o acidente, o que posteriormente será investigado pela polícia.

Fonte: Coroatá Online



                        Publicidade

domingo, 24 de setembro de 2017

México sofre novo terremoto neste domingo, o terceiro em cinco dias


Sismo no litoral oeste do país foi de magnitude 5,9 na escala Richter

© Mulher passa por escombros causado por terremoto em Tecomantlan (Edgard Garrido/Reuters)

  Um sismo de magnitude 5,9 atingiu o litoral oeste do México neste domingo (24). A informação é do Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico. Segundo o Serviço Sismológico Nacional do país, o terremoto ocorreu a 99 quilômetros do município de Tonala, no estado de Chiapas.

  Este foi o terceiro terremoto sofrido pelo México em cinco dias. Na última terça-feira (19), um sismo de categoria 7,1 causou a morte de mais de 300 pessoas na capital do país. No sábado (23), a região central e sul passou pelo problema após terremoto de magnitude 6,4 graus na escala Richter - a cidade atingida foi Ixtepec, no estado de Oaxaca.

Fonte: Notícias ao Minuto



                        Publicidade 

Mais de 60 conservadores acusam Papa Francisco de 'heresias'



Novamente, exortação Amoris Laetitia está no centro de polêmica

© Reuters / Alessandro Bianchi

  Uma carta de 25 páginas assinada por 40 padres e 22 estudiosos laicos conservadores católicos acusa o papa Francisco de cometer "sete heresias" ao publicar a exortação "Amoris Laetitia" ("A alegria do amor") no dia 8 de abril de 2016, revelou o site católico "Correctiofilialis" neste domingo (24).


  A exortação prega uma maior abertura aos fiéis na Igreja, especialmente, no que tange na recondução à vida dentro do catolicismo àqueles que se separaram e casaram novamente. Essas pessoas, antes da exortação de Francisco, não podiam comungar e agora cabe a cada líder de paróquia decidir caso a caso.

  A carta, que foi enviada ao Pontífice no dia 11 de agosto, foi tornada pública hoje porque Jorge Mario Bergoglio "não respondeu" os questionamentos ao grupo em um documento formal.

  A "Correção Filial em razão da propagação de heresias", que foi o título dado ao documento, quer que o Papa, literalmente, "corrija" partes do texto. De acordo com os conservadores, o sucessor de Bento XVI "deu apoio à sete posições erráticas, que atingem o matrimônio, a vida moral e a recepção dos sacramentos, causando a difusão dessas opiniões erráticas na Igreja Católica".

 Entre os argumentos apontados pelos tradicionalistas, está o fato de que "direta ou indiretamente, o Papa permitiu que se acreditasse que a obediência à Lei de Deus pode ser impossível ou indesejável e que a Igreja deve aceitar o adultério como algo compatível à vida dos católicos praticantes".

  Para o grupo, o fato de uma pessoa divorciar-se e, depois de um período, casar-se novamente constitui o "adultério", já que pela análise mais conservadora, um casamento na Igreja jamais pode ser dissolvido.

  Entre aqueles que assinaram o documento, está o ex-presidente do Instituto para Obras da Religião (IOR, também conhecido como Banco do Vaticano) Gotti Tedeschi e o líder dos Lefebvrianos, monsenhor Bernard Fellay. O grupo de religiosos Lefebvrianos rompeu com a Igreja Católica após as reformas aprovadas pelo Concílio Vaticano II na década de 1970. No entanto, em entrevista à ANSA, Tedeschi afirmou que não acusou o Pontífice de "heresias", mas que o documento é "uma súplica escrito por teólogos, que não fala de heresias, mas diz que indiretamente o documento pode facilitar heresias".

  "Quero ser claro: eu não acuso o Papa e eu gosto dele. Eu estou pela Igreja, e pelo Papa, e não me afastarei da Igreja e nem do Papa. O documento é um ato de devoção e um convite à reflexão", disse ainda à ANSA.

  Essa não é a primeira vez que o documento "Amoris Laetitia" é questionado pelos conservadores dentro da Igreja. Em novembro do ano passado, um grupo de quatro cardeais liderado pelo ultraconservador norte-americano Raymond Leo Burke enviou também uma carta questionando quatro pontos da exortação.

  Apesar das críticas, poucos dias depois do grupo também divulgar na internet o documento, Jorge Mario Bergoglio afirmou que essas críticas"não tiram o meu sono". Ainda naquele mês, o argentino afirmou que era preciso ver "o espírito com que elas são ditas" e que quando "não há o espírito bravo, elas ajudam a caminhar".

  "Alguns continuam a não compreender: ou é preto, ou é branco, mesmo que esteja no fluxo da vida o discernimento. O Concílio disse isso, mas os historiadores dizem que o Concílio, para ser bem absorvido pelo corpo da Igreja, tem a necessidade de um século. Bem, estamos na metade", disse aos jornalistas em novembro de 2016. Com informações da ANSA.

Fonte: Notícias ao Minuto


                        Publicidade 

RUA QUINTINO BOCAIUVA ESQUINA COM SÃO VICENTE DE PAULA, FEIRA DO BOM SUCESSO




Carro sai da pista, derruba placa e colide em muro na BR-135

Segundo a PRF-MA, o motorista apresentava sinais de embriaguez.

Celta derrubou uma placa e bateu em muro. (Foto: Divulgação)

  SÃO LUÍS - Um motorista derrubou uma placa e colidiu em um muro por volta da meia-noite desste domingo (24), no Km 7,7 da BR-135, no bairro Maracanã.

  Ele estava em um Celta vermelho, que seguia em direção à saída da capital maranhense, porém perdeu o controle e saiu da rodovia. Segundo constataram os agentes da Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA), o motorista apresentava sinais de embriaguez.

  O primeiro teste do bafômetro resultou em 1,06mg/l e o segundo em 0,96mg/l. Ele teve alguns ferimentos e foi conduzido à Delegacia da Cidade Operária.

Fonte: iMirante.com



                        Publicidade
Rua Visconde de Maua, Praça São Miguel, Parque Anhanguera, Imperatriz - Ma. Tel: (99) 3523-6800.

sábado, 23 de setembro de 2017

Prefeito Assis nomeia o novo superintendente da Defesa Civil de Imperatriz


  O prefeito Assis Ramos nomeou na manhã deste sábado, o novo Superintendente da Defesa Civil, o prefeito antes de divulgar o nome do substituto, fez questão ligar para vereadores da base, Paulinho Lobão Lobão e o presidente da Câmara José Carlos, foram os primeiros a ser informados através de ligação.

*NOTA*

  Por necessidade de ajustes administrativos, estamos substituindo Francisco Silva, o Chico do Planalto, por Josiano Galvão, na chefia da nossa Defesa Civil.

  Ao Francisco, nossos sinceros agradecimentos pelos serviços prestados ao Município, e, ao Josiano, que já nos auxiliava como adjunto da Secretaria de Agricultura, votos de um bom desempenho.

  Imperatriz, 23 de setembro de 2017

*Assis Ramos*
_Prefeito de Imperatriz_

Pessoas protestam pela duplicação da BR-135, em Bacabeira

Manifestação pública ocorreu na manhã deste sábado (23), no povoado de Perizes.

Manifestantes durante simulação dos mortos em acidentes de trânsito. (Foto: Divulgação)

  BACABEIRA - Um grupo de pessoas realizou, neste sábado (23), uma manifestação pública para que seja concluída a duplicação da BR-135, no km 42, povoado de Perizes, município de Bacabeira. Os manifestantes, da Campanha SOS Vida, se deitaram na pista ao lado de cruzes para representar os mortos por acidentes de trânsito na região.

 Entre as atividades realizadas houveram pronunciamentos, exibição de faixas, distribuição de panfletos e a simulação das 33 mortes ocorridas somente no Campo de Perizes nos últimos cinco anos. O trecho foi interditado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF-MA).

  Ao final, os manifestantes comemoraram o aniversário de 20 anos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Fonte: iMirante.com


                        Publicidade
Rua Visconde de Maua, Praça São Miguel, Parque Anhanguera, Imperatriz - Ma. Tel: (99) 3523-6800.

Juiz aposentado é transferido de enfermaria de Hospital para cela de presídio


  O juiz aposentado, Erivelton Cabral, apos receber alta medica do Hospital onde estava internado desde o dia que foi preso por determinação de um Mandado de Prisão Preventiva, espedido pela Juiza Ana Lucrecia, foi transferido de uma enfermaria para uma cela do Presidio UPRI-2, localizado no Parque do Buriti.



  A transferência ocorreu por volta das 11h de sábado (23), Erivelton em uma cadeira de rodas, foi na viatura da Forca Tatica, ele não foi levado para uma cela especial no 3° BPM, devido as celas para pessoas de cursos superiores estarem em reformas, Erivelton não ficará em celas com outros detentos, ele ficará sozinho em cela especial.



  Erivelton é teve sua prisão decretada acusado de dupla tentativa de homicídio contra o irmão Elton Cabral e a namorada do médico, os dois foram baleados com tiro cada, com tiros de pistola .40, caso aconteceu em 17 setembro no estacionamento do Iate Clube de Imperatriz.

Fonte: Notícias da Foto


                        Publicidade

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Weverton Rocha comanda encontro do PDT em Imperatriz

Legenda: Weverton Rocha (ao centro de camisa preta) com um grupo de vereadores de Imperatriz
Foto: Divulgação


  Pré-candidato ao Senado, o deputado federal Weverton Rocha é figura ascendente na cúpula do PDT nacional e o comando da grande mobilização política que o partido dissemina no Maranhão. Formado no movimento estudantil, ex-líder da juventude pedetista, ele aponta seu projeto político nas alianças municipalistas e consolida o posto do PDT de maior aliado do governador Flávio Dino.

  Neste sábado, às 17h, na loja maçônica Lauro Tupinambá (Bacuri), em Imperatriz, Weverton Rocha comanda mais um encontro regional dos pedetistas maranhenses - o sexto regional desde janeiro. O evento vai reunir vários prefeitos, vereadores, lideranças e caravanas de todo o estado.

  “A candidatura do deputado Weverton Rocha não é dele, hoje é de um grupo. E esse grupo é que tem de tomar de conta dessa campanha”, diz o deputado, que nasceu em Imperatriz. “Daí que estamos debatendo essa pré-campanha com nossos amigos, com nossos aliados do estado inteiro”.

  “Estamos aqui para reafirmar nossa pré-candidatura, ouvir as lideranças da região, colher sugestões e propostas de futuro, de governo, de trabalho, de mandato, e também para que ouçam de mim o nosso compromisso”, afirma o deputado, garantindo que pauta “esse compromisso” no seu trabalho como deputado federal, “ou seja, continuar do lado do nosso povo, continuar defendendo nossas bandeiras, quais sejam: nenhum direito a menos contra os aposentados, nenhum direito a menos contra os nossos trabalhadores e sempre a favor do Maranhão”.

Apoio ao governador 


  “Estamos apoiando e sendo parceiros para podermos atravessar esse momento difícil”, diz o deputado, referindo-se ao governo Flávio Dino.

  “Com toda a dificuldade que o Brasil tem vivido, o governador tem enfrentado a crise trabalhando, porque a crise não é abstrata, é uma coisa concreta, ela existe”, emenda, destacando os avanços administrativos e investimentos em políticas públicas e em obras do atual governo maranhense em relação a outros estados, como Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, que vivem o caos em suas finanças.

  “Este ano, o governador já pagou 50% do décimo terceiro salário em junho para todos os servidores, além de ter colocado dois mil novos policiais nas ruas, seiscentas novas viaturas, não tinha nenhuma escola de tempo integral no Maranhão e hoje tem dezoito, trezentas escolas serão totalmente recuperadas e entregues com o programa Escola Digna, além de programas importantíssimos como o Mais Asfalto e o da Saúde, que foi a entrega concreta de novos equipamentos hospitalares em várias regiões do Maranhão”, exemplifica.

“Segurança política” 

  Para o deputado, em 2018, na sucessão estadual, o eleitor maranhense vai optar pela segurança política e administrativa do estado, argumentando que não acredita na estratégia da oposição de pulverizar candidaturas para levar a eleição ao segundo turno.

  “Essa estratégia era válida num momento em que as coisas aconteciam ‘num plano mais normal’, vamos dizer assim. A população agora vai avaliar muito a questão da segurança política e administrativa do estado. Na hora em que o pai de família, que o trabalhador, que o cidadão olhar e lembrar como é que estão outros estados do Brasil e como está aqui no Maranhão, a gente não pode ir pra a aventura e nenhum tipo de insegurança”, avalia. 

  Weverton Rocha mira o alvo de suas críticas, a oposição: “Basta lembrar que um dos líderes dessa oposição, são os mesmos (sic) que governaram esse estado por muita décadas e eles vão promoter o quê, se no momento das vacas gordas eles não resolveram o problema do país, irão resolver agora que nem vacas mais têm, que nem magras estão, já mataram as vacas, e o povo já está mais pra muita conversa, ele quer coisa concreta”.

  Para o deputado, o governador Flávio Dino “tem defeitos como todo ser humano”, “agora é uma pessoa honesta, é trabalhador e está convicto de que tem condições de contribuir muito mais com o Maranhão com a continuação de sua administração”.

  “Iremos fazer esse de uma forma muita tranqüila, de uma forma muito franca, e mostrar que em time que está vencendo não se mexe. Ele sozinho hoje com a bancada federal de deputados está fazendo um grande trabalho, imagine ele tendo aí ano que vem dois senadores amigos, pois as atuais duas vagas todos sabem que eles não são nem de longe parceiros do governo [estadual]”, afirma. 

Reforma política

  Como líder do PDT, Weverton Rocha tem acompanhando de perto a fervura do caldeirão político em Brasília e tem a convicção de que a ‘compreensão histórica’ da crise política e econômica deve guiar o debate político “para enfrentar e superar essas dificuldades”.

  De acordo com o deputado, “as denúncias são gravíssimas contra os dirigentes da República”, citando a nova denúncia contra o presidente Michel Temer que a Câmara dos Deputados terá que apreciar após decisão do Supremo Tribunal Federal.

  O deputado acredita que pelo menos cinco pontos da reforma política já são questão fechada na Câmara dos Deputados: a chamada ‘cláusula de barreira’ (norma que impede ou restringe o funcionamento parlamentar ao partido que não alcançar determinado percentual de votos) para 2018; o fim das coligações proporcionais para 2020; a janela (troca de partidos) até março; o fim das subfederações e a criação das federações (união de partidos) para atuar durante toda a legislatura, sendo reproduzida no Senado Federal, na Câmara dos Deputados, nas assembleias legislativas e na Câmara Legislativa do Distrito Federal com vigência até as convenções para as eleições federais subsequentes. 

(Carlos Gaby/Colaborador)

Mais de três toneladas de maconha são apreendidas em São José de Ribamar

Quatro pessoas envolvidas com o tráfico do entorpecente foram presas.

Durante uma operação, a Polícia Civil conseguiu apreender cerca de 3,5 de maconha. (Foto: Divulgação/Senarc)

  SÃO JOSÉ DE RIBAMAR – Mais de três toneladas de maconha foram apreendidas nesta sexta-feira (22), na cidade de São José de Ribamar. Além de fazer a apreensão da droga, a Polícia Civil prendeu quatro pessoas envolvidas com o tráfico de entorpecentes.

  Segundo informações Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), a ação foi resultado de uma investigação realizada pela Polícia Civil, a qual descobriu que havia um grande estoque de drogas no bairro do Miritiua, em São José de Ribamar.

  Durante uma operação, a Polícia Civil conseguiu apreender cerca de 3,5 de maconha, além de prender quatro pessoas envolvidas no crime.

  Os presos são: Denílson Castro dos Santos, 30 anos, natural de São Luís; Pablo Hernandes Ferreira, 33 anos, natural de Marabá-PA; Walt Rafael Sousa de Araújo, 33 anos, natural de Teresina-PI; e Rodrigo Alves de Oliveira, 32 anos, natural de Porto Nacional-TO.

Fonte: iMirante.com




                        Publicidade
RUA QUINTINO BOCAIUVA ESQUINA COM SÃO VICENTE DE PAULA, FEIRA DO BOM SUCESSO

Comerciante é executado a tiros em Imperatriz

Arnoldo Pereira foi morto com pelo menos cinco tiros no começo da tarde desta sexta-feira.


Arnoldo e a companheira estavam dentro de um carro, quando foram surpreendidos por diversos tiros disparados por criminosos que estavam dentro de outro veículo. (Foto: Divulgação)

  IMPERATRIZ – Um comerciante, identificado como Arnoldo Pereira, foi assassinado a tiros no bairro Caema, em Imperatriz. O crime aconteceu no início da tarde desta sexta-feira (22), nas proximidades da casa da vítima.

  Segundo informações do delegado Práxisteles Martins, da Delegacia de Homicídios, Arnoldo Pereira foi assassinado, na frente da mulher, com cerca de cinco tiros.

  Arnoldo e a companheira estavam dentro de um carro, quando foram surpreendidos por diversos tiros disparados por criminosos que estavam dentro de outro veículo. Um dos bandidos desceu do carro em que estava e foi em direção ao veículo do comerciante, desferindo vários tiros contra ele.

  "Após ser baleado, Arnoldo ainda arrancou com o carro na tentativa de fugir, mas bateu o veículo em uma cerca. Nesse instante, o criminoso se aproximou e efetuou mais disparos contra a vítima. Segundo a companheira de Arnoldo, o homem foi o único atingido, pois, na hora dos disparos ele se jogou em cima dela e de uma criança que estava no veículo para protegê-las”, disse o delegado Práxisteles Martins, ressaltando que os tiros atingiram a lateral esquerda do tórax do comerciante.

  Arnoldo Pereira ainda foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

  Ainda segundo informações do delegado Práxisteles Martins, as características do crime são de execução.

  A polícia afirma que nenhum dos envolvidos no assassinato foi preso ou identificado, mas, como o local onde o crime aconteceu tem várias câmaras de segurança, as imagens serão analisadas para tentar identificar os autores do homicídio.

Envolvido em práticas ilícitas

  De acordo com a polícia, Arnoldo Pereira tinha negócios no Mercadinho de Imperatriz e controlava máquinas de caça-níquel (jogo de azar), com atividades em várias cidades da região.

  A polícia apurou, ainda, que recentemente o comerciante vendeu uma banca de jogo por cerca de R$ 800 mil para compradores de Sergipe, sendo que Arnoldo recebeu apenas metade desse dinheiro, e a outra metade seria paga depois.

  A polícia suspeita que o crime possa estar relacionado com a venda da banca de jogo. Outra hipótese levantada nas investigações, é que Arnoldo esteja envolvido com o assassinato de um prefeito no Estado do Pará. O caso está sendo investigado.




Fonte: iMirante.com




                        Publicidade

Ex-médico Farah Jorge Farah é encontrado morto em sua casa em SP


O STJ havia determinado que o ex-médico voltasse à prisão para cumprir 14 anos de pena por matar paciente

© Reprodução

  O ex-médico Farah Jorge Farah foi encontrado morto em sua casa, na Vila Mariana, Zona Sul de São Paulo, nesta sexta-feira (22), informou a polícia. Ele foi condenado na quinta-feira (21), a 14 anos e oito meses de cadeia por matar e esquartejar uma paciente em 2003.


  De acordo com o G1, o delegado Osvaldo Nico Gonçalves contou que um chaveiro foi chamado para abrir a porta da casa do ex-médico quando a ordem de prisão chegou. Ao entrarem no local, os policiais encontraram Farah deitado na cama. O ex-médico estaca com um corte profundo na perna e já estava morto.

CRIME

  Em 2014, Farah foi condenado uma pena de reclusão em regime fechado pelo assassinato e esquartejamento de Maria do Carmo Alves. Ela era sua amante. No entanto, o STF (Supremo Tribunal Federal) permitiu que ele respondesse em liberdade.

Fonte: Notícias ao Minuto



                         Publicidade
Rua Visconde de Maua, Praça São Miguel, Parque Anhanguera, Imperatriz - Ma. Tel: (99) 3523-6800.

Homem recorre ao suicídio no bairro da Tresidela

Momento em que a polícia chega na residência

  Um homem identificado até o momento apenas como Miguelzinho recorreu ao suicídio na manhã desta sexta-feira (22) na Rua do Buriti, bairro da Tresidela, em Coroatá.

  “Tio Miguelzinho”, como gostava de ser chamado, trabalhava vendendo verduras no Mercadinho Municipal.

  De acordo com a família, o homem acordou cedo e não levantou qualquer suspeita de que iria cometer a tragédia. Ele foi até o quintal da casa e usou uma corda para se enforcar em uma árvore. A triste notícia pegou amigos e familiares de surpresa, todos ainda estão incrédulos com o ocorrido.

  O suicídio aconteceu justamente no Setembro Amarelo, mês em que é feita a campanha para conscientizar sobre a prevenção do suicídio, que tem como objetivo direto de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção. Ocorre no mês de setembro, desde 2015, por meio de identificação de locais públicos e particulares com a cor amarela e ampla divulgação de informações.

Imagem do senhor Miguelzinho

Imagem na casa onde ocorreu a tragédia



Fonte: Coroatá Online





                        Publicidade

RUA QUINTINO BOCAIUVA ESQUINA COM SÃO VICENTE DE PAULA, FEIRA DO BOM SUCESSO

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Plenário retira da pauta emenda que fixa prazo para julgamento de contas de prefeitos e ex-prefeitos

Texto: Carlos Gaby/Assimp
Foto: Divulgação/Assimp

  Por decisão da maioria do Plenário, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Imperatriz retirou da pauta da sessão desta quinta-feira (21) a emenda à Lei Orgânica do Município de Imperatriz que fixa prazo para julgamento de contas de prefeitos e ex-prefeitos. A matéria entrou na pauta para encaminhamento às comissões técnicas com apenas duas assinaturas, a do presidente José Carlos Soares e do vereador Carlos Hermes (PCdoB).

  A emenda adita o inciso XXXI ao artigo 14 da Lei Orgânica. Com o novo incisivo, as contas de prefeitos e ex-prefeitos deveriam ser julgadas no prazo máximo de três meses de seu recebimento pela Câmara Municipal, com deliberação sobre o parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A Lei Orgânica Municipal é omissa quanto ao prazo para julgamento de contas de prefeitos e ex-prefeitos que tenham sido enviadas à Câmara Municipal com parecer do TCE.

  O julgamento previsto no novo inciso obedeceria a dois preceitos: o parecer do TCE somente seria aprovado ou rejeitado por decisão de 2/3 (dois terços) dos membros da Câmara Municipal; e decorrido o prazo de 85 dias sem deliberação do parlamento municipal, as contas seriam incluídas na Ordem do Dia da sessão imediata, sendo suspensas as demais proposições para votação.

  A matéria suscitou debates e interpretações jurídicas. O presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), Adhemar Freitas Júnior (PSC), questionou a legalidade da tramitação, já que a emenda tratava de tema novo e precisaria ser ainda discutida entre os blocos partidários e as lideranças de partidos e bancadas. 

  Para o vice-presidente Fábio Hernandez (PSC), que dirigiu a primeira parte da sessão e é advogado, a matéria deveria seguir direto para a CCJ, que emitiria seu parecer técnico. Disse, entretanto, que nem a Constituição federal e nem a Constituição estadual estabelecem prazos para julgamentos por parte do Poder Legislativo (União, estados e municípios) de contas de gestores e ex-gestores. “Pelo menos em rápida consulta que fiz”, ressaltou.

  Segundo o vereador João Silva (PRB), que também é advogado, a matéria nem deveria entrar em discussão. “Não podemos sofrer ingerência de outro poder nem desrespeitar o Regimento Interno da Casa. Os poderes são independentes e harmônicos”, justificou.

  Mesmo defendendo o envio da matéria à CCJ, o vice-presidente da Casa decidiu consultar o Plenário em votação deliberativa. Maioria dos vereadores votou para que a matéria fosse retirada da pauta.

PMs são presos suspeitos de executar advogado por causa de herança de R$ 7 mi


Segundo investigação da Polícia Civil, dois policiais e um ex-militar seriam os executores do crime. Morte teria sido encomendada por um dos clientes do advogado no Tocantins.

Danilo Sandes foi visto pela última vez em um supermercado (Foto: Divulgação)

  Dois policiais militares foram presos nesta quinta-feira (21) em Marabá (PA) suspeitos de envolvimento na morte do advogado Danilo Sandes. Além deles, um ex-militar também foi preso pela Polícia Civil do Tocantins em cumprimento a mandado de prisão temporária. Os três são suspeitos de serem os executores do crime. O advogado foi morto no final de julho por causa de uma disputa por uma herança de R$ 7 milhões.

  A morte de do Danilo Sandes, segundo investigações da Polícia Civil, foi encomendada por Robson Barbosa da Costa, de 32 anos. Ele era cliente do advogado e parte em uma ação de inventário. O homem também foi preso em Marabá (PA), em agosto. O corpo de Sandes foi encontrado no final de agosto às margens da TO-222, após a vítima ficar quatro dias desaparecida.

  Segundo o delegado Bruno Boaventura, os suspeitos foram presos durante a manhã e início da tarde desta quinta-feira. Mandados de busca e apreensão, e prisão foram expedidos pela comarca de Araguaína. Os suspeitos foram levados para o Tocantins.

Suspeito foi transferido por helicóptero para Araguaína (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

  Os PMs fazem parte do 4º Batalhão da Polícia Militar de Marabá. O terceiro homem foi expulso da corporação por envolvimento em outro crime. Durante o cumprimento dos mandados, um dos suspeitos tentou fugir e se envolveu em um acidente, mas acabou preso.

  A operação foi realizada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, Delegacia de Investigações Criminais e Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE) do Tocantins. A corregedoria da PM do Pará também participou das prisões.

  A Polícia Militar do Pará disse que a corregedoria adotará as medidas necessárias e abrirá procedimento administrativo para apurar o caso, que poderá culminar na exclusão dos policiais da corporação.

Suspeito de matar advogado chegou ao Tocantins no fim da tarde (Foto: Lívia Campos/TV Anhanguera)

Entenda

  Os investigadores afirmam que Robson Barbosa da Costa se revoltou quando o advogado não aceitou participar de um esquema para ocultar bens. A fraude teria beneficiado Robson, que ficaria com uma parte maior do patrimônio sem que os demais herdeiros ficassem sabendo. O advogado era responsável por fazer o inventário para toda a família, mas após a discussão deixou de representar Robson. Ao todo, seis pessoas disputam a herança.

  O advogado desapareceu na manhã do dia 25 de julho. O amigo do advogado, José Ribamar Júnior, disse que ele foi visto pela última vez em um supermercado. "Ele deixou a mãe dele numa agência bancária, onde ela trabalha, e depois foi tomar café em um supermercado. Por volta das 9h, ele falou com a prima por telefone e disse que iria para Filadélfia, provavelmente resolver alguma questão ligada a um processo". O advogado estava em uma motocicleta.

  O advogado foi procurado durante quatro dias. O corpo dele foi encontrado no dia 29 às margens da TO-222, em decomposição. Ele estava apenas de cueca, com marcas de lesões, sangue e fogo, a 18 km de Araguaína, perto de entroncamento com Babaçulândia. A perícia recolheu um par de sapatos encontrado no local.

  O delegado responsável pela investigação, Rerisson Macedo, disse que ele foi morto com dois disparos de arma de fogo.

Fonte: (G1)



                         Publicidade

Assaltante é preso após arrastão na Mega inf


  Dois assaltantes fizeram um arrastão na MEGAINF, localizada na esquina da Rua Godofredo Viana com Benedito Leite, centro de Imperatriz por voltas das 11:00, a dupla estava em uma moto Biz preta com registro de Roubo, cerca de 30 celulares foram levados, um dos celulares roubados tinha GPS, Polícias da Força Tática do 3° BPM, prenderam Daniel Santos Rodrigues, 21 anos, a prisão aconteceu na Vila Macedo.



  O outro assaltante ao ver a polícia fugiu na Biz, 21 celulares e dois tablet foram recuperados e duas armas usadas no roubo, dois revolves calibre 32 niquilados foram apreendidos, Daniel Santos já tem uma passagem pela polícia, ele é morador da Avenida Silvino Santis, Bairro São José.



Fonte Notícias da Foto



                                   Publicidade

RUA QUINTINO BOCAIUVA ESQUINA COM SÃO VICENTE DE PAULA, FEIRA DO BOM SUCESSO

Vereador Pedro Gomes viabiliza “Operação Tapa-buracos” na Rua Bandeirantes




  Depois de concluída a revitalização da malha asfáltica da Rua Dom Marcelino, o vereador Pedro Gomes (PSC) viabilizou junto ao prefeito Assis Ramos e ao secretário de Infraestrutura, Francisco Pinheiro, a recuperação da movimentada Rua Bandeirantes, na grande Vila Nova.

  “Temos acompanhado o andamento das obras de tapa-buracos na grande Vila Nova, inclusive indicando os locais que necessitam de recomposição do pavimento asfáltico para melhorar a mobilidade urbana no bairro”, disse ele, que vê a satisfação dos motoristas e da comunidade com a chegada da frente de serviços da operação que terá uma ação contínua no governo Assis Ramos.

  O vereador Pedro Gomes reitera a importância da manutenção das vias, evitando o desgaste dos veículos e dinamizando o Sistema de Transporte de Imperatriz (SIT) nos principais corredores de trânsito da cidade. “O prefeito Assis tem priorizado a recuperação de ruas e avenidas, preparando a cidade para o próximo período invernoso”, disse ele.

  Ele também requisitou à Sinfra a recuperação da malha asfáltica da Avenida Itaipu – em toda sua extensão – recentemente pavimentada pelo Governo do Estado. “É uma via de interligação de mais de cinco bairros, devendo ser alcançada também pelos serviços da operação tapa-buracos da Prefeitura de Imperatriz”, finaliza.



Texto: Carlos Gaby/Assimp

Criança fica ao lado do corpo da mãe por 3 dias após padrasto matá-la


Crime teria ocorrido após festa na casa do casal, que esperava um filho. Homem se matou depois do crime

© Leonhard Foeger/Reuters

  Depois de ver a própria mãe ser morta pelo marido, seu padrasto, um menino de sete anos foi obrigado a ficar três dias trancado junto ao corpo da mulher de 36 anos. A empresária do ramo de eventos estava grávida e foi assassinada após uma festa em sua luxuosa casa, no último domingo (17). O suspeito de matar a esposa tinha 31 anos e se matou enforcado nesta quarta-feira (20), dia em que a criança mantida em cárcere privado foi finalmente resgatada.

  Segundo informações do jornal O Povo, a Polícia Militar foi chamada até o local, no bairro Sapiranga, através da denúncia de vizinhos, que ouviram o choro do menino e sentiram o odor estranho vindo da residência onde tudo ocorreu. Por volta das 16h, policiais arrombaram o portão da casa e encontraram a criança no quarto, ao lado do corpo da mãe, "acuada, suja, com fome e com marcas de agressão". Ainda demonstrava preocupação com o cachorro, Snoopy, que permaneceu ao seu lado durante todo o cárcere.

  “A criança relatou que o padrasto matou a mãe após uma festa no domingo. Ainda havia três mesas juntas, bebida, e foi encontrado um pó branco no sofá, em pedrinhas”, relatou ao jornal O Povo o analista de sistemas da imobiliária que alugou a casa à família, há cerca de 15 dias. João Vega Filho acrescentou que a empresa foi acionada pela polícia ao local, um duplex na rua Água de Prata.

  Familiares do suspeito teriam relatado que ele era dependente químico desde os 15 anos, tendo passado por diversas tentativas de reabilitação, informação desconhecida pelos parentes da vítima. Casados há cerca de cinco meses, eles haviam se mudado para o imóvel há pouco tempo, mas os vizinhos relataram que ouviam brigas constantes na residência do casal.

  Em estado de choque, a criança foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), medicada e alimentada. O garoto teria relatado aos profissionais de saúde que após matar sua mãe, o padrasto retirou a televisão da casa e escondeu todos os celulares. O carro do casal também não foi encontrado na residência.

  Como o menor também é órfão de pai - que morreu há poucos anos, vítima de um AVC - ele deve ser cuidado, a partir de agora, pela avó materna. As identidades da vítima adulta e do suspeito não foram reveladas pela reportagem, com o objetivo de preservar a criança. O caso será investigado pela Delegacia de Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP)

Fonte: Notícias ao Minuto



                         Publicidade


Homem preso acusado de pedofilia disse que que Garota seis anos teria gravado vídeo com ele


Erlan Lima da Silva armazenava fotos de vídeos de partes íntimas de crianças.



  Após denúncia anônima de vizinhos, policiais do Serviço de Inteligência da Militar do 3° Batalhão prendeu na manhã desta quinta feira(21)Erlan Lima de Sousa,39 anos, acusado de Pedofilia, com ele a polícia apreendeu seu celular, contendo um vídeo que ele disse ser ele fazendo relação sexual com uma garota de seis anos.

  O vídeo ele disse que teria sido gravado com uma garota na cidade de São João dos Patos,(Ma) ele afirmou ainda que no dia da gravação do vídeo ele estaria embriagado.

  Erlan Lima, mas conhecido por Elias, é morador da Vila Fiquene, ele foi apresentado no Plantão Central da 10 Delegacia Regional de Segurança, o caso foi repassado para Delegacia Especial da Mulher, responsável pelo plantão diurno na quinta feira.

Fonte: Notícias da Foto



                         Publicidade
Rua Visconde de Maua, Praça São Miguel, Parque Anhanguera, Imperatriz - Ma. Tel: (99) 3523-6800.