RUA LEONCIO PIRES DOURADO ESQUINA COM A RUA JOÃO PESSOA, BAIRRO BACURI

domingo, 27 de agosto de 2017

Show de forró termina em morte na madrugada deste domingo (27)



A vítima foi identificada como Nilo Vitório Saraiva Pontes, de 36 anos, que trabalhava como segurança no show.
Show de forró termina em morte na madrugada deste domingo (27)

Nilo Vitório Saraiva Pontes, trabalhava como segurança no show. Foto: divulgação

  SÃO LUÍS – Show de forró termina em morte, na madrugada deste domingo (27), em um hotel, no bairro Calhau, em São Luís. Um segurança foi alvejado a tiros por um homem que estava no evento.

  A vítima foi identificada como Nilo Vitório Saraiva Pontes, de 36 anos, que trabalhava como segurança no show.

  Segundo informações do major Roberto, da Companhia de Polícia Militar de Turismo Independente, por volta da 1h da madrugada deste domingo (27), equipes da CPTUR receberam informações de que estava ocorrendo disparo de arma de fogo no local onde ocorria um show de forró do cantor Wesley Safadão, em um hotel próximo a avenida Litorânea.

  Ainda de acordo com informações da polícia, populares disseram que o suposto suspeito, após efetuar os disparos, teria entrado em um táxi e indicaram a rota que o veículo havia saído. De imediato, equipes da CPTUR saíram em perseguição ao carro, que foi interceptado na avenida dos Holandeses, próximo a agência do Bradesco.

  Dentro do táxi estavam quatro pessoas, o motorista, mais um homem e duas mulheres. Durante a abordagem, foi encontrado um revólver calibre 38, que estava em baixo do tapete do veículo. Juntamente com a arma, foram encontradas seis capsulas, sendo duas delas deflagradas e ainda com a numeração raspada.

  Conforme informações da polícia, ao indagarem a situação, o suspeito, identificado como Lucelmo Farias Gomes, de 31 anos, informou que era o autor dos disparos, no show. Ele portava, também, um documento de identificação falso.


Lucelmo Farias confessou ter efetuado os disparos. Foto: divulgação

  Ao chegar no Plantão Central da Polícia, foi descoberto que Lucelmo Farias já possuía contra si três mandados de prisões em aberto, desde 2007, além de dois homicídios.

  Já as duas mulheres conduzidas, foram identificadas como Ana Patrícia Silva de Sousa, de 29 anos e Eliene Pereira Sousa, de 34 anos. Ambas já possuíam passagem pela polícia pelo crime de furto, sendo que uma delas estava com mandado de prisão em aberto.


Ana Patrícia e Eliene Pereira já possuíam passagem pela polícia. Foto: divulgação

Veja o vídeo no momento do crime


Fonte: iMirante.com


                      Publicidade


Rua Visconde de Maua, Praça São Miguel, Parque Anhanguera, Imperatriz - Ma. Tel: (99) 3523-6800.


Nenhum comentário:

Postar um comentário