RUA LEONCIO PIRES DOURADO ESQUINA COM A RUA JOÃO PESSOA, BAIRRO BACURI

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Polícia Civil faz reconstituição do assassinato das crianças da cidade de Bacabeira



Peritos do Icrim fizeram a reprodução simulada da cena do crime, que terminou com a morte de meninos de 11 e 12 anos
Polícia Civil faz reconstituição do assassinato das crianças da cidade de Bacabeira
Policiais e vítimas durante cena de reconstituição (Foto: Flora Dolores / O ESTADO)

  SÃO LUÍS – Foi realizada, no fim da manhã desta quinta-feira (17), a reprodução simulada da cena do assassinato das crianças Erisvan da Silva Costa, de 12 anos, e Roberto da Luz dos Santos, de 11 anos, que foram mortos e depois enterrado em uma cova rasa, na cidade de Bacabeira. Segundo a Polícia Civil, o resultado das análises devem sair em 30 dias.


  O trabalho dos peritos do Instituto de Criminalística e Medicina Legal (Icrim) iniciaram reconstituição pontualmente às 11h, horário que, segundo a polícia, teriam acontecido os assassinatos. Sobreviventes do atentado e os acusados participaram das simulações. Familiares das vítimas também acompanharam as cenas.

  Os acusados de assassinar as crianças são: Antônio Carlos Machado, o Antônio Baixinho, e Josean Serra Rego e um menor de idade. Mais três pessoas são procuradas pelo crime. Segundo o delegado Ednaldo Santos, titular da Delegacia de Polícia Civil de Bacabeira, as vítimas foram atacadas, por seis pessoas, dentro de uma área de manguem, com tiros e a golpes de facão.
Facão utilizado pelos acusados no assassinato (Foto: Flora Dolores / O ESTADO)

  Os sobreviventes são um adolescente de 16 anos, que foi baleado na boca, e um jovem de 24 anos, que foi ferido com vários golpes de faca e levou tiro na perna.

  Segundo a polícia, a motivação do crime teria sido roubo de animas na região.

Fonte; O Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário