RUA LEONCIO PIRES DOURADO ESQUINA COM A RUA JOÃO PESSOA, BAIRRO BACURI

domingo, 19 de fevereiro de 2017

BRs 135 e 010 estão entre as de maior risco no Maranhão



Informação é da PRF, com base no traçado das pistas e nas atuais condições de pavimentação. Além das rodovias, a BR-316 também apresenta alto risco

Jumento é flagrado transitando na BR-135, em São Luís
Jumento é flagrado transitando na BR-135, em São Luís (Foto: De Jesus / O ESTADO)

  As BRs 135 – principal rodovia que corta o estado – e 010 são as que apresentam maior risco de acidentes no estado. A informação é da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que tem como referência o traçado e as dimensões das pistas, os índices pluviométricos, além das condições de pavimentação das vias e a presença ou não de animais às margens. Além das rodovias, a BR-316 também apresenta elevado risco de acidentes.

  Na BR-135, o trecho considerado mais propício para acidentes é entre os kms 0 e 10. De acordo com a PRF, por se tratar de uma distância em que o fluxo de veículos é intenso e constante, a rodovia ainda é uma das que mais apresentam riscos de colisões.

  "Em sua maioria, são veículos de grande porte, responsáveis pelo escoamento de produções para fora do estado, ou ingresso na capital maranhense. Além disso, a 135 é ainda a única saída da cidade, o que contribui ainda mais para este grande fluxo de passageiros”, disse o responsável pelo Núcleo de Comunicação da PRF, Antônio Noberto.

  Segundo ele, a instalação dos radares em pontos estratégicos da BR-135 reduziu a ocorrência de acidentes. Mesmo com a queda, a estrada ainda exige atenção redobrada dos motoristas. “Especialmente no campo de Peris, há uma grande preocupação da Polícia com a combinação de pista molhada e imprudência. É preciso que o condutor esteja atento para fazer uma viagem segura”, explicou Noberto.

Outro trecho

  Além de parte da BR-135, outro trecho considerado de elevada possibilidade de acidentes é o trecho da BR-010, nas proximidades de Imperatriz (MA). Em relatório divulgado no fim do ano passado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) – entidade máxima de representação do setor no país – o trecho da BR-010 que corta o estado foi avaliado apenas como regular. A rodovia foi mal avaliada no quesito sinalização.

  Outra rodovia cujo alerta máximo é recomendado pela PRF é a BR-316 (nas proximidades de Santa Inês). Na avaliação da CNT, a BR recebeu a qualificação de regular, com sinalização sendo um destaque positivo. Apesar dos atributos, a PRF alerta que, em trechos com boa sinalização e pavimentação, os motoristas ficam mais suscetíveis a desobedecer aos limites de velocidade, contribuindo para acidentes.

Animais na pista

  Um dos fatores que mais causam acidentes na malha rodoviária do estado é a presença de animais na pista. O Estado flagrou um jumento no km 13 da BR-135, no sentido capital-interior. O animal estava sozinho e sem a presença do dono.

  Por pouco, um veículo não colidiu com o jumento. No acostamento da BR-135, entre os kms 0 e 10, é possível verificar a presença de dezenas de animais amarrados em postes ou em arbustos e a poucos metros da pista.

  Mais perigosas com animais
Entre as rodovias que mais registram acidentes causados pela invasão de animais na pista – especialmente bois e jumentos – estão a BR-135 (nos trechos entre Peritoró e Presidente Dutra e entre o campo de Peris e Miranda do Norte) e a BR-316 (entre os municípios de Bom Jardim e Alto Alegre do Maranhão).

  No dia 1º de fevereiro, por volta das 1h20, um micro-ônibus que seguia a linha São Luís/Fortuna, via Peritoró, colidiu com um animal que passava pela via. Além deste animal atropelado, outros seis foram apreendidos, na ocasião – pela PRF – que estavam às margens da BR-135, no km 7 (em São Luís) e no km 43 (em Peris de Baixo).

Redução de acidentes em um ano

  Apesar do alerta quanto às rodovias com alto risco de acidentes, a PRF informou – em balanço divulgado no fim do mês passado – que a quantidade de colisões e, em consequência, de óbitos em rodovias no estado apresentou queda de aproximadamente 26%. Enquanto que, em 2015, foram registrados 1.978 acidentes, no ano passado, esse total foi de 1.464.

Números

  26% foi a redução de acidentes e óbitos nas BRs do Maranhão, entre 2015 e 2016
3 é o número de rodovias federais apontadas como as de maior risco de acidentes no estado

Fonte: PRF



                           Publicidade
RUA QUINTINO BOCAIUVA ESQUINA COM SÃO VICENTE DE PAULA, FEIRA DO BOM SUCESSO

Nenhum comentário:

Postar um comentário