RUA LEONCIO PIRES DOURADO ESQUINA COM A RUA JOÃO PESSOA, BAIRRO BACURI

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Justiça expede mandado de prisão preventiva contra suspeito pela morte de ex-mulher



O mandado de prisão foi expedido pela juíza da Vara da Mulher, Ana Paula Silva Araújo.
Justiça expede mandado de prisão preventiva contra suspeito pela morte de ex-mulher
Clodoaldo Alves está foragido. (Foto: Divulgação/ Arquivo Pessoal)

  IMPERATRIZ – A Justiça expediu Mandado de Prisão Preventiva contra Clodoaldo da Silva Alves, suspeito de ter assassinado com um tiro na cabeça, a ex-mulher, Elizelda de Paulo Alves, na última segunda-feira (26). O mandado de prisão foi expedido pela juíza da Vara da Mulher, Ana Paula Silva Araújo.

  Clodoaldo continua foragido. Ele está sendo procurado pelas polícias Civil e Militar do Maranhão, Pará e Tocantins, e, também, pela Polícia Rodoviária Federal dos três Estados. Nessa terça-feira (27), o carro modelo Corolla, usado pelo suspeito para fugir, foi localizado ontem, em Itinga.

  A bancária Elizelda Alves foi assassinada com um tiro na cabeça por volta das 8h de segunda-feira. O crime aconteceu dentro do quarto de um hotel, localizado no bairro Bacuri, após a vítima ter ido visitar o suspeito na tentativa de reatar o relacionamento.

  A mulher morreu antes da chegada da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O corpo da bancária foi enterrado no fim da tarde dessa terça-feira. Com o assassinato brutal de Elizelda, subiu para 12 o número de mulheres assassinadas em Imperatriz, em 2016.

 O crime teve grande repercussão no Maranhão e até a nível de Brasil, quando foi notícia em canais de televisão nacional. Elizelda estava separada de Clodoaldo há dois meses. Eles foram casados durante 10 anos e têm um casal de filhos pequenos.

  Mesmo após separarem, eles mantinham contato, e de acordo com informações de familiares, o relacionamento dos dois era bastante tumultuado, marcado por brigas e agressões. Ela, inclusive, já tinha registrado um Boletim de Ocorrência contra Clodoaldo por agressão física. Mas tinha retirado a queixa logo em seguida
Fonte: iMirante.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário