RUA LEÔNCIO PIRES DOURADO EM FRENTE O QUARTEL DA PM

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Trez jogadores da Chapecoense sobrevivem à queda de avião



A aeronave, com 81 pessoas a bordo, caiu em uma região de difícil acesso nas cercanias de Medellín; autoridades já confirmaram 76 mortos



Alan Rushel, lateral da Chapecoense, é um dos sobreviventes.
Alan Rushel, lateral da Chapecoense, é um dos sobreviventes. (Foto: Reprodução)

  A imprensa colombiana informa que três jogadores da Chapecoense, que estavam a bordo do avião que caiu na madrugada desta terça-feira, nas cercanias de Medellín, na Colômbia, estão sendo atendidos em hospitais da região.

  O goleiro Jackson Follmann, de 24 anos, o lateral Alan Ruschel, de 27, e o goleiro Marcos Danilo Padilha, de 31 anos, sobreviveram à queda da aeronave e estão sob cuidados médicos.

  A aeronave, com 81 pessoas a bordo, caiu em uma região de difícil acesso nas cercanias de Medellín. Autoridades já confirmaram 76 mortos.

  A Chapecoense disputaria a final da Copa sul-americana amanhã, em Medellín, contra o Atlético Nacional.

  O voo da companhia Lamia partiu de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, em direção a Medellín, mas se acidentou pouco antes de chegar à segunda maior cidade da Colômbia.

  Veja a delegação da Chape presente no avião:

Goleiros: Danilo e Follmann;
Laterais: Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo;
Zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto;
Volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco;
Meias: Cleber Santana e Arthur Maia;
Atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Comissão técnica
Treinador – Caio Júnior
Auxiliar técnico – Duca
Preparador Físico – Anderson Paixão
Preparador de Goleiros – Boião
Fisiologista – Cezinha
Médico – Dr. Marcio
Fisioterapeuta – Rafael Gobbato
Analista de Desempenho – Pipe Grohs


Nenhum comentário:

Postar um comentário