RUA LEONCIO PIRES DOURADO ESQUINA COM A RUA JOÃO PESSOA, BAIRRO BACURI

sábado, 8 de outubro de 2016

PM lamenta assassinato de sargento em Maceió; 'Homicídios' vai investigar

G1

ALAGOAS

PM lamenta assassinato de sargento em Maceió; 'Homicídios' vai investigar

Sargento Cristóvão Gomes foi executado nesta manhã, em um mercadinho. Polícia faz diligências para identificar e prender suspeitos do crime.

08/10/2016 17h35 - Atualizado em 08/10/2016 20h05

Do G1 AL

A Polícia Militar de Alagoas divulgou uma nota na tarde deste sábado (8) lamentando o assassinato do sargento da Polícia Militar Cristóvão Gomes dos Santos, 53 anos. Ele foi executado a tiros nesta manhã, em um mercadinho na Cidade Universitária, em Maceió.

O militar foi classificado pela corporação como defensor da sociedade. Um trecho da nota afirma ainda que "o serviço de inteligência da corporação e militares da região desde a hora do fato realizam diligências para identificação e captura dos possíveis criminosos" (leia a nota na íntegra ao fim do texto).

O corpo será sepultado na manhã de domingo (9), no Cemitério São José, localizado no Trapiche da Barra. O caso deve ser investigado pela Delegacia de Homicídios, que encaminhou agentes ao local do crime para realizar os levantamentos necessários.

Testemunhas informaram à polícia que o militar foi ao local visitar a filha, quando foi executado. "Ele estava à paisana no mercadinho. Disseram que os criminosos chamaram o nome dele. Não teve assalto, foi execução", afirma a tenente Bárbara, do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGD).

De acordo com o Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), os autores dos disparos fugiram em um carro que possui queixa de roubo. Eles ainda não foram identificados.

Por causa do crime, a PM cancelou a edição do Programa Vem Ver a Banda Passar prevista para a manhã de domingo (9), na Orla da Ponta Verde.

Leia na íntegra a nota da Polícia Militar
A Polícia Militar de Alagoas lamenta com profundo pesar, o assassinato do Sargento Cristovão Gomes dos Santos, na manhã deste sábado (08), no bairro Cidade Universitária, ocorrido em circunstâncias que estão sendo investigadas pela Polícia Civil.

O policial militar tinha 53 anos de idade e há 32 anos defendia a sociedade alagoana. Ele estava lotado no 8º BPM. O serviço de inteligência da corporação e militares da região desde a hora do fato realizam diligências para identificação e captura dos possíveis criminosos.

A Polícia Militar se coloca à disposição da família para o que se fizer necessário.

Sargento Cristóvão foi morto a tiros dentro de um mercadinho em Maceió (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário