RUA LEONCIO PIRES DOURADO ESQUINA COM A RUA JOÃO PESSOA, BAIRRO BACURI

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

PM esclarece boatos sobre transferência de militares


  Há pouco, a Polícia Militar do Maranhão enviou nota esclarecendo os fatos sobre a movimentação de policiais no período eleitoral e a punição por insubordinação de um major ligado ao candidato do PMDB à prefeitura, Assis Ramos. Leia:

  A movimentação dentro do Estado de Oficiais e Praças da Polícia Militar no período pré-eleitoral e eleitoral atende a necessidade operacional para assegurar maior segurança ao processo tendo como base as premissas que norteiam o Estado Democrático de Direito.

  A diretriz do Comando é clara no sentido da Corporação manter-se no estrito cumprimento de sua missão institucional, não interferindo nas democráticas disputas em curso nos municípios do Estado. Não há, pois, qualquer fundamento em especulações de que haveria movimentação por razões políticas.

  Em virtude dessa movimentação que acontece constantemente neste período de eleições o Major PM Janilson Cordeiro Lindoso da Polícia Militar do Maranhão, atualmente lotado no 12º Batalhão de Polícia Militar localizado na cidade de Estreito – MA, veio a se insubordinar após ter recebido determinação para sua movimentação do interior para esta capital, deixando com isso de acatar ordens estabelecidas pelo comando da Corporação, vindo inclusive a manifestar seu descontentamento e insatisfação nas redes sociais.

  Com objetivo de restabelecer imediatamente a ordem e a disciplina, o Comando da Corporação, após ter tomando conhecimento da situação, determinou a realização de diligências no sentido de localizar o referido oficial superior para que sejam tomadas as medidas legais cabíveis.

Fonte: Comunicação Social da Polícia Militar do Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário