RUA LEONCIO PIRES DOURADO ESQUINA COM A RUA JOÃO PESSOA, BAIRRO BACURI

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Eduardo Cunha prepara dossiê sobre seus aliados políticos



A meta é consolidar o material para uma eventual delação premiada na Justiça

                                Eduardo Cunha

  Próximo ao julgamento no plenário, o ex-presidente da Câmara e deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) está preparando um levantamento aprofundado sobre como ajudou seus aliados nos últimos anos. A informação foi publicada no Estadão, nesta terça-feira (2). 

 Conforme relatos de parlamentares, o peemedebista está coletando informações sobre financiamento de campanhas eleitorais e também produziu uma “pilha” de documentos com dados sobre distribuição de cargos e empréstimos. No entanto, ele negou, por meio de assessoria, que esteja organizando documentos para delação.

  Cunha deve esperar algumas semanas e aguardar o resultado da votação da cassação no plenário para só então tomar a decisão se vai aderir à delação. O processo por quebra de decoro parlamentar pode ser analisado ainda neste mês. Grupos ligados ao peemedebista informam não ver saída para ele e acreditam que a cassação deve ser aprovada na Casa. Por isso, conselheiros de Cunha defendem que ele renuncie ao mandato para demonstrar disposição de negociar com a Procuradoria-Geral da República (PGR).

  Apenas o esvaziamento do plenário poderia salvá-lo da uma cassação, uma vez que seu sucessor, Rodrigo Maia (DEM-RJ), comunicou que só colocará o tema em votação se houver quórum superior a 460 deputados. 

Defesa

  Há quase três meses afastado das atividades parlamentares por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), Eduardo Cunha vem preparando um mandado de segurança que deve ser apresentado à Corte para tentar impedir que o plenário da Câmara paute a votação.

Fonte: Jornal do Tocantins

Nenhum comentário:

Postar um comentário