magazinemmarinhos


Rua Perimentral Castelo Branco esq com a Rua Oratório no Parque Anhanguera

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Mãe relata denúncia após morte do seu filho no Hospital Macrorregional de Coroatá - Ma

O Hospital Macrorregional de Coroatá é palco de mais uma polêmica. Dessa vez envolve a morte do pequeno Yure Oliveira, de apenas 15 anos. O adolescente, que era paralítico, foi transferido para o Macro com suspeita de pneumonia e acabou não resistindo. A mãe da criança, Marilene da Conceição, procurou a reportagem do programa Balança Cidade para denunciar, segundo ela, o descaso que seu filho sofrera.

“Lá no Macrorregional eles me tratavam mal, não queriam deixar eu ficar acompanhando ele (filho), então eu fiquei decepcionada. Ele tá todo ferido, tinha quinze anos e nunca tinha ficado ferido e era acamado”, foi uma das denúncias citadas pela mãe, à repórter Cléa Araújo [assista no vídeo abaixo].
 
A família de Yure procurou advogado e ingressou com ação contra Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão (SES) e também contra a direção daquela unidade de saúde.

Mais uma vez nenhum representante do Hospital Macrorregional de Coroatá quis se pronunciou sobre o assunto
                                                        Fonte: Coroatá Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário